Cola na gente

DarkSide Books

DarkSide Books traz ao Brasil FÁBRICA DE VESPAS, uma obra violenta e visceral

“A piedade não é natural ao homem. Crianças são sempre cruéis. Selvagens são sempre cruéis. A piedade é adquirida e aperfeiçoada pelo cultivo da razão.” – Dr. Samuel Johnson

Narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Frank, a estreia literária do autor escocês Iain Banks polarizou a crítica e os leitores quando foi publicada, em 1984. Considerado um dos grandes romances do século XX, o livro evoca tanto O Senhor das Moscas (1954) como Precisamos Falar sobre Kevin (2003).

Fábrica de Vespas consegue produzir um olhar ao mesmo tempo bizarro, imaginativo, perturbador e repleto de humor negro sobre o que se passa dentro da mente em formação de um psicopata.

Fábrica de Vespas
por Iain Banks

“A piedade não é natural ao homem. Crianças são sempre cruéis. Selvagens são sempre cruéis. A piedade é adquirida e aperfeiçoada pelo cultivo da razão.” – Dr. Samuel Johnson

Um obra única, extremamente violenta e visceral

Considerado um clássico moderno, eleito entre os cem romances mais importantes do século XX, nunca antes editado no Brasil. Leia se estiver preparado!

“Dois anos depois de matar Blyth, matei meu irmãozinho Paul, por motivos muito mais sérios e diferentes daqueles que eu tivera para acabar com o primeiro. Daí, um ano depois, foi a vez da minha priminha Esmeralda, por puro capricho. Esse é o placar até agora. Três. Não mato ninguém há anos, e não pretendo matar de novo. Foi só uma fase pela qual passei.” Fábrica de Vespas da DarkSide Books

VAMOS ABRIR A FÁBRICA: AMAZON AMERICANAS SUBMARINO SARAIVA Frank – um garoto de 16 anos bastante incomum – vive com seu pai em um vilarejo afastado, em uma ilha escocesa. A vida deles, para dizer o mínimo, não é nada convencional. A mãe de Frank os abandonou anos atrás; Eric, seu irmão mais velho, está confinado em um hospital psiquiátrico; e seu pai é um excêntrico sem tamanho.

Para aliviar suas angústias e frustrações, Frank começa a praticar estranhos atos de violência, criando bizarros rituais diários onde encontra algum alívio e consolo. Suas únicas tentativas de contato com o mundo exterior são Jamie, seu amigo anão, com quem bebe no pub local, e os animais que persegue ao redor da ilha.

Abandonado à própria sorte para observar a natureza e inventar sua própria teologia – a maneira do Robinson Crusoé de Daniel Defoe –, Frank desconhece a escola e o serviço social, já que seu pai acredita na educação “natural”, recomendada pelo filósofo do século XVIII Jean-Jacques Rousseau e apresentada em seu romance Emílio, ou Da Educação (1762), que sugere que as crianças devem crescer entre as belezas da natureza, permitindo que elas se deleitem com a flora e a fauna. A natureza humana seria boa a princípio, mas corrompida pela civilização. Quando descobre que Eric fugiu do hospital, Frank tem que preparar o terreno para o inevitável retorno de seu irmão – um acontecimento que implode os mistérios do passado e vai mudar a vida de Frank por completo.

Fábrica de Vespas – Iain Banks Narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Frank, a estreia literária do autor escocês Iain Banks polarizou a crítica e os leitores quando foi publicada pela primeira vez, em 1984. Sua obra foi tão aclamada quanto criticada, devido à sua macabra descrição da violência. Livro que evoca tanto O Senhor das Moscas (1954) como o Precisamos Falar sobre Kevin (2003), FÁBRICA DE VESPAS consegue produzir um olhar ao mesmo tempo bizarro, imaginativo, perturbador e repleto de humor negro do que se passa dentro da mente de uma criança psicopata.

Iain Banks (1954-2013) nasceu e viveu na Escócia. Tornou-se amplamente conhecido pela controvérsia causada pelo seu primeiro romance, Fábrica de Vespas, publicado originalmente em 1984. Desde então, foi aclamado tanto pela crítica como pelos seus leitores por dezenas de obras de ficção e ficção científica. Foi considerado um dos Melhores Novos Escritores Britânicos em 1993. O jornal inglês The Times aclamou Iain Banks como “o romancista britânico mais imaginativo de sua geração” e o Guardian considerou-o “o padrão pelo qual o restante da ficção científica é julgado”.

VOCÊ TEM CORAGEM DE ENTRAR EM UMA MENTE COMO ESSA?

“Uma história excepcional de horror gótico, macabra, bizarra e impossível de largar. […] leitura formidável.”
 — FINANCIAL TIMES —
“Iain Banks criou um dos mais brilhantes romances de estreia que li em um bom tempo. Seu estudo de uma personalidade obsessiva é extraordinário, escrito com impressionante clareza e atenção aos detalhes. Só podemos admirar este romance verdadeiramente notável.”
— DAILY TELEGRAPH — 
“Uma imaginação poderosa chegou para ficar.”
— MAIL ON SUNDAY —

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

#Livro Horror Noire – Darkside Books / Shudder

UM MERGULHO IMPRESSIONANTE NA HISTÓRIA DO TERROR E DA REPRESENTAÇÃO NEGRA NO CINEMA

Desde que Ben colocou ordem na casa em A Noite dos Mortos-Vivos (1968), de George A. Romero, ver um personagem negro como herói nos filmes de terror se mostrou possível — e pra lá de necessário. A Noite dos Mortos-Vivos é um clássico cult agora, e foi uma das maiores contribuições de Romero para o gênero e para a mídia, contudo, já se passaram cinquenta anos desde que o filme exigiu que nos perguntássemos o que era mais assustador: zumbis comedores de carne, ou aquilo que fazemos uns com os outros diariamente?

Compre o livro aqui

Representação Negra no Cinema de Terror é tema do novo lançamento da Darkside Books

Continue Lendo

DarkSide Books

Palhaço assassino, marido psicopata e massacre nos novos lançamentos de livros

A editora Darkside Books divulgou os próximos lançamentos do selo Crime Scene, para os fanáticos em serial killers e seus casos bizarros. Tem palhaço assassino, gente boazinha que não é nada inocente e tiroteio em massa, descubra os próximos livros que você vai querer comprar e furar a sua fila de livros atrasados:

Columbine O dia 20 de abril de 1999 deixou uma marca indelével na história norte-americana. O Massacre de Columbine pode não ter sido o primeiro tiroteio em massa, mas foi o primeiro da era digital — e o primeiro de larga magnitude. Na esteira dos acontecimentos de Newtown, Aurora, Virginia Tech, Christchurch, Suzano e Ohio, torna-se cada vez mais urgente compreender e confrontar acontecimentos como o de Columbine. Nossa arma é reaprender a ouvir a dor que cresce em silêncio no outro e no cerne dos valores da nossa sociedade. Saiba mais aqui.

BTK Profile: Máscara da MaldadeAo longo de três décadas, um monstro aterrorizou os moradores de Wichita, Kansas. Um assassino em série que amarrava, torturava e matava mulheres, homens e crianças, iludiu a polícia por anos a fio enquanto se vangloriava de suas terríveis façanhas para a mídia. A nação ficou chocada quando os crimes de btk — a sigla para os termos em inglês bind, torture, kill, que eram sua assinatura criminosa — foram enfim associados a Dennis Rader, um vizinho amigável, marido devoto e respeitado presidente da congregação de uma igreja local. Descubra mais acessando Darkblog.

Killer Clown Profile: Retrato de um AssassinoO palhaço Pennywise, de It: A Coisa, é apenas uma ficção macabra perto de Pogo, o alter ego de John Wayne Gacy. Cidadão modelo. Empresário de sucesso. Voluntário do hospital. Um dos assassinos em série mais sádicos de todos os tempos. Poucas pessoas podiam ver o monstro cruel sob a maquiagem colorida de palhaço que Gacy usava para entreter as crianças. Poucas pessoas podiam imaginar o que estava enterrado em sua casa de horrores. Ficou curioso? Leia mais aqui.

Diz ai qual seu livro favorito da Darkside? Conta lá no nosso instagram @trilhadomedo

Continue Lendo

DarkSide Books

Os vampiros de ’30 Dias de Noite’ estão chegando no Brasil

É muita emoção com essas novidades da Darkside Books. Prepare-se…

30 DIAS DE NOITE (é isso mesmo)
Esses vampiros não são bonitos ou sensíveis. São brutais, desprezíveis, cruéis — animais que caçam e matam sem escrúpulos. Barrow é a cidade perfeita.

30 Dias de Noite encontra a casa certa no selo DarkSide® Graphic Novel. Steve Niles e Ben Templesmith criam uma releitura moderna de uma figura icônica na cultura pop e faz seus personagens ficarem a um passo do abismo na luta pela sobrevivência em uma cidade fria, escura, isolada e favorável a predadores impiedosos. Para comemorar o aniversário de quinze anos (em choque), a história fundamental sobre o ataque que os vampiros fizeram à cidade de Barrow — 30 Dias de Noite, Retorno a Barrow e Dias Sombrios — ganhou uma edição definitiva em volume único, repleta de materiais especiais.

Para nós da Trilha do Medo, ’30 Dias de Noite’ é um dos melhores filmes de vampiros já feito nos últimos tempos. Isso sim é vampiro de verdade! E a Darkside Books nos traz uma Graphic Novel dessa pro Brasil bicho! E se você quer saber mais sobre este lançamento acesse aqui.

E também…

TOKYO GHOST
E se você acha que as surpresas acabaram, está muito enganado. Em uma parceria com a Image, a Caveira traz uma poderosa distopia de samurais futuristas.

Escrito pelo aclamado roteirista Rick Remender, com arte magistral de Sean Murphy e cores de Matt Hollingsworth, Tokyo Ghost é uma ficção científica distópica repleta de ação, com influências que começam em Blade Runner e William Gibson, passam por artistas futuristas dos anos 1970 e 1980 e chegam a Akira, além de mangás que evocam a cultura dos samurais. Preparados para se conectarem?

Veja mais sobre Tokyo Ghost no Darkblog.

Links para as pré-vendas em seus respectivos títulos.

Continue Lendo

Assista

Advertisement

Hype do momento