Cola na gente
Os Estranhos: Caçada Noturna Os Estranhos: Caçada Noturna

Cinema

Crítica ‘Os Estranhos: Caçada Noturna’ – Eles estão de volta

No primeiro filme ‘Os Estranhos’ de 2008, acompanhamos o casal Kristen e James que são atormentados pelo trio de psicopatas mascarados. E agora em ‘Os Estranhos: Caçada Noturna’ é a vez de uma família sentir este tormento na pele.

Nesta nova caçada a trama traz diversas surpresas e trabalha o drama entre os personagens como no primeiro filme em que o casal está passando por um momento um tanto sensível. Aqui podemos ver uma família cheia de conflitos por conta dos problemas de comportamento da filha Kinsey (Bailee Madison). O final de semana que era para ser um momento de descontração já começa a ter seus problemas logo de cara.

Os Estranhos Caçada Noturna

Ao explorar a instabilidade dos personagens em situações de extremo desespero, é bem comum que roteiros de filmes de terror escorreguem nesses pontos fazendo com que a imbecilidade tome conta dos cérebros dos personagens, mas acredito que apenas isso seja um problema em ‘Os Estranhos: Caçada Noturna’. Um ponto muito positivo é que apesar do filme ser bem curto, o diretor soube aproveitar seus 85 minutos sem muita enrolação. O nosso querido trio de assassinos mascarados composto por ‘Doll Face’, ‘Man in the mask’ e ‘Pin-Up Girl’ não nos desapontam nessa nova caçada.

O suspense que é um ponto forte em ‘Os Estranhos’ não tem tanto espaço dessa vez, por ter um elenco maior ele tem a necessidade de apresentar um pouco de cada personagem, mas está presente em bons momentos com certeza. Agora a trama se expande com mais locais para a matança e a correria, os gritos, aquele momento em que você prende a respiração, e principalmente aquele momento em que você xinga os personagens.

Os Estranhos Caçada Noturna

A trilha sonora traz o pop dos anos 80’ em várias cenas, incluindo cenas bem tensas onde a música feliz e animada transforma aquela ambientação medonha em algo desesperador.

‘Os Estranhos: Caçada Noturna’ é um filme bom, não é um filme incrível. Ele tem seus pontos negativos, mas cumpre com o que o marketing nos entregou. Ele cria a tensão, faz você torcer para os protagonistas (ou não), mas não constrói uma história surpreendente. Mas é um filme de matança não é mesmo? Então se você quer psicopatas, mortes e torturas, você vai curtir bastante.

 

Os Estranhos Caçada Noturna

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

Mulher é perseguida por maníaco sequestrador em thriller de tirar o fôlego

“Alone” é um suspense de perseguição e sobrevivência dirigido por John Hyams e estralado por Jules Willcox e Marc Menchaca. A trama gira em torno de uma viúva em luto, que está apenas tentando recomeçar sua vida, mas durante sua mudança, ela cruza o caminho de um homem misterioso (Menchaca) que começa a persegui-la e ela precisa encontrar uma maneira de escapar desse maníaco.

O longa estreia nos cinemas dos EUA e em VOD no dia 18 de setembro.

Continue Lendo

Cinema

“O Diabo de Cada Dia” – Crítica e Diferenças do Livro | Filme da Netflix

Dessa vez falamos sobre o filme “O Diabo de Cada Dia” da Netflix que é uma adaptação do livro “O Mal Nosso De Cada Dia” lançado pela Darkside Books, junto com a Fada do Terror Analu Tortella do canal Terror de Quinta.

No vídeo abaixo a metade é sem spoiler e a outra metade com spoiler pra agradar geral. Comentamos os pontos positivos e negativos do filme e também as diferenças do livro para o filme:

Vai lá e comente o que você achou do filme e aproveite para se inscrever no nosso canal!

 

Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento