Cola na gente

A Centopéia Humana 3

Primeiros materiais de “The Human Centipede 3 – Final Sequence” aparecem na internet

Hoje foi divulgada uma nova imagem e um áudio antecipado de “The Human Centipede 3 – Final Sequence” (A Centopéia Humana 3 -Sequência Final) do polêmico diretor Tom Six.

No áudio, conseguimos ouvir que Dieter Laser retornou, mas desta vez como Bill Boss. Laurence R. Harvey também está de volta, mas ele interpreta um novo personagem também. O inconfundível Harvey aparece como Dwight Butler. Também estrelando estão Eric Roberts, Bree Olsen, Tommy “Tiny” Lister e Robert LaSardo.

Já na imagem podemos confirmar que o filme é ambientado em uma prisão. Parece que Laser e Harvey estão em uma sala, e se você escutar atentamente, você pode ouvir o locutor dizer algo sobre água fervente e o que soa como “Bill Boss” (o personagem de Laser) no final.

Advertisement
Clique para comentar

A Centopéia Humana 3

[Crítica de Cinema] A CENTOPEIA HUMANA 3 (2015)

por Pedro Diniz


[Crítica de Cinema] A CENTOPEIA HUMANA 3 (2015)

Vou te contar que levou algum tempo até sair essa primeira crítica para o Garrancho. Tinha que ser na medida certa. Mas aí dei play no “A Centopeia Humana 3” e tudo mudou. Como tentar falar sobre essa experiência pra lá de alucicrazy?

Pra quem não conhece a proposta, aí vai um breve resumo: no primeiro, duas americanas viajando pela Europa procuram por ajuda após o carro quebrar. Só não contavam que seriam drogadas e trancadas por um médico alemão que pretende juntá-las a outra pessoa, criando assim a primeira centopeia humana do mundo (pausa para o saco de vômito). Na sequência, um segurança de estacionamentos, daqueles de se passar longe, aluga o primeiro filme e resolve se inspirar na proposta, criando uma centopeia maior.

Tom Six, diretor da trilogia, resolve abraçar a metalinguagem e escancara cada cena com requintes de humor negro e muito sangue. Neste filme dentro de um filme, o sistema carcerário americano está simplesmente lotado. Lembra do médico louco e do segurança de estacionamento? Pois bem, se tornaram, respectivamente, o diretor do presídio e seu assistente. Até o próprio diretor da série aparece (como ele mesmo) para comprovar que os filmes são 100% medicamente corretos (isso mesmo, o lance de ligar a boca ao ânus é verdadeiro… tá BOUA que quero testar isso néam?!).

E é exatamente daí que surge a premissa: para resolver o problema de custos e excesso de presos, o assistente tem a brilhante ideia de implementar a centopeia humana – o filme e sua sequência – na rede carcerária. Ou seja, uma centopeia composta por 500 pessoas. Pera!!! whaaaaaat??!! (segunda pausa para o saco de vômito).

São muitos os momentos que carregam aquela sensação de ”what the fuck estou assistindo.” Desde os hábitos mais estranhos do diretor (seus almoços compostos por clitóris e bolas, EXATO, escrotais são impagáveis!!!), até as atuações absurdamente caricatas.

“A Centopeia Humana 3” não é nenhum clássico, longe disso, mas cumpre o que promete: te joga na parede, bate na sua cara e ainda te estapeia com um mundo fantasticamente absurdo. Vai encarar?

Ficha Técnica

Gênero: Terror
Direção: Tom Six
Roteiro: Tom Six
Elenco: Bree Olson, Clayton Rohner, Dieter Laser, Eric Roberts, Laurence R. Harvey
Produção: Ilona Six, Tom Six
Fotografia: David Meadows
Trilha Sonora: Misha Segal
Duração: 100 min.
Ano: 2015

Gostou da crítica? Então curta e compartilhe. Siga a Fan Page – GJB.

Continue Lendo

 

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento