Cola na gente

DarkSide Books

Livro com original de Donnie Darko é lançado pela DarkSide Books

“Um adolescente problemático, com sintomas de esquizofrenia e sonambulismo, escapa da morte quando uma turbina de avião cai no seu quarto. Ele passa a ter visões com Frank, o humano numa estúpida roupa de coelho, ou seria o contrário?”

Livro com original de Donnie Darko é lançado pela DarkSide Books

Não é uma adaptação do longa de 2001, nem uma história que poderia ter inspirado Richard Kelly a filmar Donnie Darko. O livro que a DarkSide está trazendo nesta páscoa nos apresenta o roteiro original com a primeira versão da história e detalhes que só nele podemos conhecer sobre o universo de Donnie. No livro podemos encontrar muita coisa interessante: Como a trilha sonora do filme, que no roteiro boa parte dela já havia sido escolhida pelo autor; O prefácio exclusivo, assinado por Jake Gyllenhaal, que até hoje é parado nas ruas por fãs que querem saber sua opinião sobre o que Richard Kelly quis contar em seu primeiro filme; Uma entrevista com Richard Kelly sobre todo seu processo de criação. Uma verdadeira aula sobre o amor ao cinema e as armadilhas da indústria do entretenimento; E a Filosofia da Viagem no Tempo, uma reprodução de trechos do livro que Donnie lê no filme, escrito por Roberta Sparrow, a Vovó Morte.

E pra enlouquecer os fãs, a pré-venda começa ainda esta semana. Se você não conhece Donnie Darko, chegou a sua chance de mergulhar nesse mundo. Confira no release abaixo:

Donnie Darko
por Richard Kelly
A visão original de uma obra-prima

Você ainda não viu esse filme. Mesmo que seja fã de carteirinha, e já tenha assistido a Donnie Darko mais de uma vez – ou dez, ou quinze, quem está contando? Pois a versão que a DarkSide Books está lançando na Páscoa de 2016 é inédita. Pela primeira vez no Brasil, você poderá entrar de cabeça no universo paralelo de Frank, Donnie e seu criador.

Não se trata de uma adaptação do longa-metragem de 2001, e muito menos de um romance que poderia ter inspirado o cineasta Richard Kelly. Donnie Darko, o livro, apresenta na íntegra o roteiro original. A primeira materialização da história, sua chance de conhecer a visão original dessa intrigante obra-prima.

Kelly escreveu Donnie Darko muito antes de conseguir ordenar luzes, câmera, ação. E mesmo sem atores, figurinos e efeitos especiais, Donnie já estava lá, angustiado com o fim do mundo anunciado por um arauto vestido de coelho.

Um detalhe interessante: boa parte da trilha sonora já estava lá, no roteiro. As canções escolhidas pelo cineasta – de bandas como Tears For Fears, Echo and the Bunnymen e INXS – ajudam a costurar a narrativa, como numa ópera pop do final dos anos 1980, período em que se passa a história.

Outra curiosidade: assim como em Os Goonies (outro sucesso do cinema que virou livro pela DarkSide Books), a trama de Donnie Darko se passa às vésperas do Dia das Bruxas, data do aniversário da editora. Quem mais poderia lançar livros assim? A história de Donnie Darko é fácil de resumir – e talvez por isso mesmo ele tenha se transformado no filme preferido de tanta gente mundo afora: um adolescente problemático, com sintomas de esquizofrenia e sonambulismo, escapa da morte quando uma turbina de avião cai no seu quarto. Ele passa a ter visões com Frank, o humano numa estúpida roupa de coelho, ou seria o contrário?

Livro com original de Donnie Darko é lançado pela DarkSide Books Livro com original de Donnie Darko é lançado pela DarkSide Books

Enquanto espera pelo fim do mundo (contagem regressiva em 28:06:42:12), e pelo Dia das Bruxas, Donnie enfrenta conflitos que todos nós já experimentamos em algum momento da vida: professores autoritários, a descoberta de uma paixão, hormônios à flor da pele, diálogos reticentes entre pais e filhos, a eterna busca pelo sentido da vida –- se é que ele pode mesmo ser encontrado.

Além do roteiro original, Donnie Darko, o livro surpreende pelo conteúdo extra. A começar pelo prefácio exclusivo, assinado por Jake Gyllenhaal. O astro de sucessos como Zodíaco, Soldado Anônimo, Príncipe da Pérsia e O Segredo de Brokeback Mountain, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar, até hoje é parado nas ruas por admiradores que querem saber sua opinião sobre o que realmente Richard Kelly quis contar em seu filme de estreia.

Livro com original de Donnie Darko é lançado pela DarkSide Books

E se você também está curioso, por que não ler o que o próprio diretor e roteirista tem a dizer sobre Donnie Darko, Gretchen, Frank e companhia? Kelly concede uma robusta entrevista sobre todo seu processo de criação. Uma verdadeira aula sobre o amor ao cinema e as armadilhas da indústria do entretenimento.

Para ficar ainda mais completa, a Limited Edition da DarkSide Books – em capa dura, marcador exclusivo e aquela qualidade que qualquer leitor exigente sente gosto de exibir na estante de casa – traz uma surpresinha a mais: A Filosofia da Viagem no Tempo. Isso mesmo, uma reprodução de trechos do livro escrito por Roberta Sparrow, a Vovó Morte do filme. É o livro que Donnie lê para tentar desvendar o que está acontecendo no mundo ao seu redor. Agora você tem a mesma oportunidade. Quem sabe não encontre finalmente as respostas que tanto procurava?

Tempo e espaço são relativos. Prepare-se para saltar de volta à uma época mágica. Antigos fãs e novas gerações podem se conectar mais uma vez com Donnie Darko, dessa vez nas páginas da DarkSide Books. Boa viagem.

Richard Kelly é filho de um físico da nasa e de uma professora de língua inglesa. Estimulado pelos pais, estudou literatura e artes plásticas desde cedo, e ganhou uma bolsa na faculdade de cinema da usc, na Califórnia. Aos 25 anos, dirigiu seu primeiro longa-metragem, o fenômeno Donnie Darko, considerado pela revista Empire o segundo melhor filme independente de todos os tempos, perdendo apenas para Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino. Em 2009, dirigiu Cameron Diaz em A Caixa (2009), longa inspirado num episódio clássico de Além da Imaginação.

Clique para comentar

DarkSide Books

Palhaço assassino, marido psicopata e massacre nos novos lançamentos de livros

A editora Darkside Books divulgou os próximos lançamentos do selo Crime Scene, para os fanáticos em serial killers e seus casos bizarros. Tem palhaço assassino, gente boazinha que não é nada inocente e tiroteio em massa, descubra os próximos livros que você vai querer comprar e furar a sua fila de livros atrasados:

Columbine O dia 20 de abril de 1999 deixou uma marca indelével na história norte-americana. O Massacre de Columbine pode não ter sido o primeiro tiroteio em massa, mas foi o primeiro da era digital — e o primeiro de larga magnitude. Na esteira dos acontecimentos de Newtown, Aurora, Virginia Tech, Christchurch, Suzano e Ohio, torna-se cada vez mais urgente compreender e confrontar acontecimentos como o de Columbine. Nossa arma é reaprender a ouvir a dor que cresce em silêncio no outro e no cerne dos valores da nossa sociedade. Saiba mais aqui.

BTK Profile: Máscara da MaldadeAo longo de três décadas, um monstro aterrorizou os moradores de Wichita, Kansas. Um assassino em série que amarrava, torturava e matava mulheres, homens e crianças, iludiu a polícia por anos a fio enquanto se vangloriava de suas terríveis façanhas para a mídia. A nação ficou chocada quando os crimes de btk — a sigla para os termos em inglês bind, torture, kill, que eram sua assinatura criminosa — foram enfim associados a Dennis Rader, um vizinho amigável, marido devoto e respeitado presidente da congregação de uma igreja local. Descubra mais acessando Darkblog.

Killer Clown Profile: Retrato de um AssassinoO palhaço Pennywise, de It: A Coisa, é apenas uma ficção macabra perto de Pogo, o alter ego de John Wayne Gacy. Cidadão modelo. Empresário de sucesso. Voluntário do hospital. Um dos assassinos em série mais sádicos de todos os tempos. Poucas pessoas podiam ver o monstro cruel sob a maquiagem colorida de palhaço que Gacy usava para entreter as crianças. Poucas pessoas podiam imaginar o que estava enterrado em sua casa de horrores. Ficou curioso? Leia mais aqui.

Diz ai qual seu livro favorito da Darkside? Conta lá no nosso instagram @trilhadomedo

Continue Lendo

DarkSide Books

Os vampiros de ’30 Dias de Noite’ estão chegando no Brasil

É muita emoção com essas novidades da Darkside Books. Prepare-se…

30 DIAS DE NOITE (é isso mesmo)
Esses vampiros não são bonitos ou sensíveis. São brutais, desprezíveis, cruéis — animais que caçam e matam sem escrúpulos. Barrow é a cidade perfeita.

30 Dias de Noite encontra a casa certa no selo DarkSide® Graphic Novel. Steve Niles e Ben Templesmith criam uma releitura moderna de uma figura icônica na cultura pop e faz seus personagens ficarem a um passo do abismo na luta pela sobrevivência em uma cidade fria, escura, isolada e favorável a predadores impiedosos. Para comemorar o aniversário de quinze anos (em choque), a história fundamental sobre o ataque que os vampiros fizeram à cidade de Barrow — 30 Dias de Noite, Retorno a Barrow e Dias Sombrios — ganhou uma edição definitiva em volume único, repleta de materiais especiais.

Para nós da Trilha do Medo, ’30 Dias de Noite’ é um dos melhores filmes de vampiros já feito nos últimos tempos. Isso sim é vampiro de verdade! E a Darkside Books nos traz uma Graphic Novel dessa pro Brasil bicho! E se você quer saber mais sobre este lançamento acesse aqui.

E também…

TOKYO GHOST
E se você acha que as surpresas acabaram, está muito enganado. Em uma parceria com a Image, a Caveira traz uma poderosa distopia de samurais futuristas.

Escrito pelo aclamado roteirista Rick Remender, com arte magistral de Sean Murphy e cores de Matt Hollingsworth, Tokyo Ghost é uma ficção científica distópica repleta de ação, com influências que começam em Blade Runner e William Gibson, passam por artistas futuristas dos anos 1970 e 1980 e chegam a Akira, além de mangás que evocam a cultura dos samurais. Preparados para se conectarem?

Veja mais sobre Tokyo Ghost no Darkblog.

Links para as pré-vendas em seus respectivos títulos.

Continue Lendo

A Hora do Pesadelo

#Livro: A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN (Darkside Books)

PESADELO PARA UNS.
O LIVRO DOS SONHOS PARA OS FÃS.

“Eu tinha pesadelos quando era criança. Uma noite, pedi para minha mãe entrar comigo nos meus sonhos para manter o bicho-papão afastado. Ela respondeu […] que o sono era o único lugar no qual todos nós precisávamos ir sozinhos”. Assim, Wes Craven começa a descrever a gênese do filme que há mais de trinta anos faz muita gente grande dormir de luz acesa: A HORA DO PESADELO.

Para quem sempre sonhou em visitar as origens do imortal Freddy Krueger, é hora de acordar gritando. É com mórbido prazer que a DarkSide® Books apresenta A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN, o mais novo título da Coleção Dissecando.

A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN tem tudo para se transformar no livro de cabeceira dos fãs mais exigentes. O livro conta a história de como o diretor resgatou uma antiga obsessão de sua infância para criar um dos personagens mais icônicos do cinema moderno.

A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN é o registro mais completo sobre este slasher movie revolucionário. Para escrevê-lo, o autor Thommy Hutson, que já havia produzido um documentário sobre o filme, voltou a entrevistar membros do elenco e da equipe, incluindo o próprio Wes Craven, que assinou a apresentação do livro, antes de nos deixar, em 2015.

Livro: A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN (Darkside Books)

Uma curiosidade: a primeira edição americana de A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN foi bancada através de financiamento coletivo, e a campanha na plataforma Kickstarter contou com a participação da atriz Heather Langenkamp, que encarnou Nancy Thompson, a jovem atormentada por Freddy nos três primeiros filmes da série.

Novo lançamento da Coleção Dissecando — junto com O Massacre da Serra Elétrica, Evil Dead e Sexta-Feira 13 — A HORA DO PESADELO: NEVER SLEEP AGAIN chega aos leitores em Limited Edition, com capa dura para fazer bonito na estante de qualquer fã de terror que se preze, e vem recheado de fotos exclusivas e segredos dos bastidores que vão surpreender até os fãs que juravam que sabiam tudo.

PREPARE-SE PARA ALGUMAS NOITES EM CLARO.
VOCÊ TEM UM LIVRO NOVO PRA LER.

“O pesadelo e/ou sonho definitivo para os fãs de Freddy Krueger.”
— ENTERTAINMENT WEEKLY —

“Até mesmo o fã mais hardcore de Elm Street e dos filmes de terror vai se surpreender com este livro.”
— BLOODY DISGUSTING —

“Robert Englund enxergou o papel e o roteiro como um todo, exatamente como eu via. […] um mito moderno, disfarçado como um filme de terror de borrar as calças.”
— WES CRAVEN —

Continue Lendo

Assista

Hype do momento