Cola na gente

Cinema

Mojica, criador do Zé do Caixão, completa 80 anos e recebe homenagens na TV

José Mojica Marins, o Zé do Caixão, completa 80 anos de vida neste domingo e ganha homenagens merecidas.

José Mojica Marins completa 80 anos de vida e recebe homenagens na TV

Há oitenta anos nascia em uma sexta-feira 13 o maior nome do terror brasileiro, José Mojica Marins, criador do icônico personagem Zé do Caixão, que com seus filmes levou o terror nacional para fora do país, alcançando reconhecimento e mostrando como fazer horror com pouca grana e muita inteligência.

E para comemorar o aniversário do mestre, no domingo (13) o canal Space exibe novamente, a partir das 19h15, a série completa com 6 episódios “Zé do Caixão”, estrelada por Mateus Naschtergale, inspirada na biografia “Maldito – A Vida e o Cinema de José Mojica Marins”. Em seguida o canal fará a exibição inédita de “As Fábulas Negras”, com Mojica na direção do curta “O Saci”.

No Canal Brasil, a partir também do dia 13, aos domingos, à meia-noite, será exibido um dos seis principais filmes de Mojica:
“Encarnação do Demônio” (2008).
“À Meia-Noite Levarei Sua Alma” (1964).
“Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver” (1967).
“O Estanho Mundo de Zé do Caixão” (1968).
“O Despertar da Besta” (1969).
“Delírio de um Anormal” (1978).

VEJA TAMBÉM:
Zé do Caixão - Maldito, a Biografia ganha nova edição incrível pela DarkSide - José Mojica Marins completa 80 anos de vida e recebe homenagens na TV

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

“Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição na TV e plataformas digitais.

No próximo fim de semana o filme “Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição no Canal Brasil e estreia nacional em plataformas digitais.

O filme estreia no dia 28 de Outubro em plataformas digitais e no Canal Brasil compondo o Cineterror em 30 de Outubro à 1h10. Lançado nos EUA como “A Shudder Original”, foi distribuído em mais de 10 países e destaque na mídia internacional.

O slasher místico foi destaque em diversas mídias, como o The Guardian que o considerou como “Um masterclass em carnificina”, o site Gizmodo chamou o filme de “Um prazer para os fãs de filmes Splatter”, a revista Variety o classificou como um “Mergulhado no Gore”, The Wall Street Journal o citou como “Um filme Splatter sem limites”, e a revista Fangoria alertou “Skull: A Máscara de Anhangá é NSFW AF”.

Sinopse: Após décadas desaparecido, um artefato místico conhecido como “A Máscara de Anhangá” ressurge na metrópole de São Paulo. A máscara possui o imenso poder de encarnar uma entidade milenar. A policial Beatriz Obdias e o herdeiro da guarda do artefato, Manco Ramirez são arrastados para o rastro de terror e sangue deixado pela Máscara.

Direção e roteiro de Armando Fonseca e Kapel Furman. Estrelando Natallia Rodrigues, Ricardo Gelli, Ivo Müller e Wilton Andrade. O longa ganhou diversos prêmios, dentre eles o de Melhor Atriz e Melhor Direção de Arte no Festival de Cinema de Caruaru, e Melhor Direção e Melhores Efeitos Especiais pela ACCRJ no Festival Rio Fantastik, além de ser nomeado para Melhores Efeitos Gore pelo prestigiado festival Fright Fest (Reino Unido).

Ricardo Gelli em Skull A Máscara de Anhangá poster tdm
Ricardo Gelli em Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

“Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição na TV e plataformas digitais.

Natallia Rodrigues em Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

Continue Lendo

 

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

Podcast

Hype do momento