Cola na gente

Cinema

Cinema independente mostra que tem força | “Maldita Lembrança” é prova disso

O grupo Hipnóticos Filmes estreou o filme “Maldita Lembrança” recentemente e traz uma produção impecável e independente.

O thriller “Maldita Lembrança” conta a história de Yoko (Leticia Takara) que perdeu a memória há pouco tempo. Sua melhor amiga, Cintia (Mariusa Bregoli), tenta ajudá-la a se lembrar. Acontecimentos estranhos ocorrem na casa durante à noite, causando horror às amigas e a todos que ali entrarem. Yoko tem visões estranhas que martelam em sua mente e lhe dizem que algo habita sua casa além dela e Cintia. Aos poucos, Yoko vai se recuperando, mas o que vem à tona são memórias que jamais deveriam ser lembradas.

O filme conta com diversas cenas de suspense, uma história cheia de mistério, referências a filmes orientais, e a galera do Hipnóticos caprichou na hora de produzir e mostra que o cinema independente tem força para isso.

Os criadores pelo filme nos responderam algumas perguntinhas básicas para matar a curiosidade sobre o projeto.

Como surgiu a ideia de fazer um filme envolvendo a cultura oriental?

A ideia original foi fazer uma mescla cultural, já que o Brasil é um pais miscigenado, e ao mesmo tempo homenagear os filmes de terror que nos influíram nas décadas de 90 e início do ano 2000. O personagem David, por exemplo, é uma referência aos filmes de terror Americano, que empolgaram toda uma geração. A Cintia, é uma homenagem ao Brasil, que recebe de braços abertos todas as influências culturais, ela faz a ponte entre David e a protagonista Yoko. E Yoko, nossa protagonista, é obviamente a nossa grande homenagem aos filmes de terror Japoneses que explodiram no início dos anos 2000, como “O Chamado” e “O Grito”. Essa nossa personagem também é uma grande homenagem a grande comunidade de emigrantes orientais que vive em São Paulo. Ela pega um pouco de cada uma dessas referências que citamos e consegue ser a típica mocinha de filme de terror, aquela que é perseguida durante todo o filme, aquela que foge, se assusta e também toma as rédeas no momento certo pra se tornar a grande heroína da trama. Além disso, queríamos trazer para a Hipnóticos algum filme de espírito vingativo e o japoneses são mestres nisso, então decidimos usar de base a cultura Japonesa.

Onde o filme foi gravado?

Essa é uma excelente pergunta, pois o cenário e a arte em geral foram um grande desafio. A locação foi escolhida a partir de detalhes específicos dos personagens. Yoko nasceu e foi criada no Japão pela mãe, mas seu jeito rebelde e problemas na escola obrigaram a mãe dela a envia-la para o Brasil para viver com a avó materna desde os 14 anos. Hoje Yoko vive sozinha na casa, pois a avó morreu (Há uma foto dela no oratório), portanto a casa tinha que ter as características de um imigrante que mora no Brasil a anos. Móveis e detalhes que tivessem a característica de uma senhora imigrante. Como a avó morreu, a poucos meses, muito do que vemos na casa são coisas da avó e poucas fotos pessoais de Yoko e a amiga. A locação escolhida foi uma casa na zona norte de São Paulo. Com a locação em mãos o desafio da galera da arte foi modificar todo o ambiente, com adereços e iluminação que criassem o ambiente imaginado pelos diretores e como podem conferir no resultado final, a arte fez um trabalho sensacional. Além disso, o filme precisou ser filmado em três locações diferentes, para que no final o espectador pudesse sentir exatamente o que imaginamos para esse filme. As cenas na sala e cozinha, são em uma casa. As cenas no sótão foram feitas no CineColor Digital e as cenas externas é de uma casa de campo.

Quais são os próximos projetos?

O maior desafio da Hipnóticos é abordar gêneros pouco explorados no cinema nacional, estamos tentando fazer algo, realmente, diferente do que vem sendo apresentado no nosso cinema. Então optamos pelo gênero do suspense, terror, mistério e tudo que envolve adrenalina e tensão, que é também nosso gosto pessoal. Estamos com 6 roteiros prontos. Dentre eles 3 curtas, um média, uma web série e mais vários argumentos, inclusive temos história para longa-metragem.

Agora dá um play aí e ajude o cinema brasileiro, principalmente os grupos independentes à crescer mais e produzir mais terror, suspense e nos arrepiar.

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

As Passageiras | Motorista leva vampiras à caça sem saber no novo filme da Netflix

Hoje (20) estreou na Netflix o filme “As Passageiras” (Night Teeth), terror com vampiros sobre um motorista que leva duas garotas misteriosas para uma noitada. mas ele nem imagina como elas são perigosas e que colocou sua vida em risco. Clique aqui pra assistir.

Para ganhar uma grana extra, o universitário Benny (Jorge Lendeborg, Jr.) aceita um trabalho de motorista por uma noite, com a missão de levar duas jovens misteriosas (Debby Ryan e Lucy Fry) de festa em festa em Los Angeles. Seduzido pelos encantos das passageiras, Benny logo descobre que elas têm planos para ele – e uma sede de sangue insaciável. A noite sai do controle, levando Benny a se envolver em uma guerra entre tribos de vampiros e os protetores do mundo humano, que são liderados pelo irmão dele (Raúl Castillo). Se quiser continuar vivo e salvar a cidade antes do amanhecer, Benny vai ter que escolher entre o medo e a tentação.

Direção de Adam Randall (À Espreita do Mal), roteiro de Brent Dillon.

No elenco estão Jorge Lendeborg Jr. (Bumblebee), Debby Ryan (Insaciável), Lucy Fry (Bright), Megan Fox, Raul Castillo (Army of the Dead: Invasão em Las Vegas) e Alfie Allen (Guerra dos Tronos).

As Passageiras night teeth Motorista leva vampiras à caça sem saber no novo filme da Netflix

NIGHT TEETHDebby Ryan as Blaire and Lucy Fry as Zoe. Netflix © 2021

NIGHT TEETH
Debby Ryan as Blaire and Lucy Fry as Zoe.
Netflix © 2021

As Passageiras night teeth Motorista leva vampiras à caça sem saber no novo filme da Netflix

NIGHT TEETH (2021) Sydney Sweeney as Eva, Megan Fox as Grace and Alfie Allen as Victor. Cr: Kat Marcinowski/NETFLIX

NIGHT TEETH (2021)
Sydney Sweeney as Eva, Megan Fox as Grace and Alfie Allen as Victor.
Cr: Kat Marcinowski/NETFLIX

As Passageiras Motorista leva vampiras à caça sem saber no novo filme da Netflix

Continue Lendo

 

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

Podcast

Hype do momento