Cola na gente

Cinema

Cinema independente mostra que tem força | “Maldita Lembrança” é prova disso

O grupo Hipnóticos Filmes estreou o filme “Maldita Lembrança” recentemente e traz uma produção impecável e independente.

O thriller “Maldita Lembrança” conta a história de Yoko (Leticia Takara) que perdeu a memória há pouco tempo. Sua melhor amiga, Cintia (Mariusa Bregoli), tenta ajudá-la a se lembrar. Acontecimentos estranhos ocorrem na casa durante à noite, causando horror às amigas e a todos que ali entrarem. Yoko tem visões estranhas que martelam em sua mente e lhe dizem que algo habita sua casa além dela e Cintia. Aos poucos, Yoko vai se recuperando, mas o que vem à tona são memórias que jamais deveriam ser lembradas.

O filme conta com diversas cenas de suspense, uma história cheia de mistério, referências a filmes orientais, e a galera do Hipnóticos caprichou na hora de produzir e mostra que o cinema independente tem força para isso.

Os criadores pelo filme nos responderam algumas perguntinhas básicas para matar a curiosidade sobre o projeto.

Como surgiu a ideia de fazer um filme envolvendo a cultura oriental?

A ideia original foi fazer uma mescla cultural, já que o Brasil é um pais miscigenado, e ao mesmo tempo homenagear os filmes de terror que nos influíram nas décadas de 90 e início do ano 2000. O personagem David, por exemplo, é uma referência aos filmes de terror Americano, que empolgaram toda uma geração. A Cintia, é uma homenagem ao Brasil, que recebe de braços abertos todas as influências culturais, ela faz a ponte entre David e a protagonista Yoko. E Yoko, nossa protagonista, é obviamente a nossa grande homenagem aos filmes de terror Japoneses que explodiram no início dos anos 2000, como “O Chamado” e “O Grito”. Essa nossa personagem também é uma grande homenagem a grande comunidade de emigrantes orientais que vive em São Paulo. Ela pega um pouco de cada uma dessas referências que citamos e consegue ser a típica mocinha de filme de terror, aquela que é perseguida durante todo o filme, aquela que foge, se assusta e também toma as rédeas no momento certo pra se tornar a grande heroína da trama. Além disso, queríamos trazer para a Hipnóticos algum filme de espírito vingativo e o japoneses são mestres nisso, então decidimos usar de base a cultura Japonesa.

Onde o filme foi gravado?

Essa é uma excelente pergunta, pois o cenário e a arte em geral foram um grande desafio. A locação foi escolhida a partir de detalhes específicos dos personagens. Yoko nasceu e foi criada no Japão pela mãe, mas seu jeito rebelde e problemas na escola obrigaram a mãe dela a envia-la para o Brasil para viver com a avó materna desde os 14 anos. Hoje Yoko vive sozinha na casa, pois a avó morreu (Há uma foto dela no oratório), portanto a casa tinha que ter as características de um imigrante que mora no Brasil a anos. Móveis e detalhes que tivessem a característica de uma senhora imigrante. Como a avó morreu, a poucos meses, muito do que vemos na casa são coisas da avó e poucas fotos pessoais de Yoko e a amiga. A locação escolhida foi uma casa na zona norte de São Paulo. Com a locação em mãos o desafio da galera da arte foi modificar todo o ambiente, com adereços e iluminação que criassem o ambiente imaginado pelos diretores e como podem conferir no resultado final, a arte fez um trabalho sensacional. Além disso, o filme precisou ser filmado em três locações diferentes, para que no final o espectador pudesse sentir exatamente o que imaginamos para esse filme. As cenas na sala e cozinha, são em uma casa. As cenas no sótão foram feitas no CineColor Digital e as cenas externas é de uma casa de campo.

Quais são os próximos projetos?

O maior desafio da Hipnóticos é abordar gêneros pouco explorados no cinema nacional, estamos tentando fazer algo, realmente, diferente do que vem sendo apresentado no nosso cinema. Então optamos pelo gênero do suspense, terror, mistério e tudo que envolve adrenalina e tensão, que é também nosso gosto pessoal. Estamos com 6 roteiros prontos. Dentre eles 3 curtas, um média, uma web série e mais vários argumentos, inclusive temos história para longa-metragem.

Agora dá um play aí e ajude o cinema brasileiro, principalmente os grupos independentes à crescer mais e produzir mais terror, suspense e nos arrepiar.

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

Trailer de “Godzilla vs. Kong” Tem Altas Tretas dos Gigantes

Trailer de "Godzilla vs. Kong" Tem Altas Tretas dos Gigantes

Primeiro trailer de “Godzilla vs. Kong” revela diversos duelos entre os gigantes e destruição eminente da terra. Assista ao trailer aqui:

As lendas se enfrentam em “Godzilla vs. Kong”, quando esses adversários míticos se encontram em uma espetacular batalha, na qual o destino do mundo entrará em jogo. Kong e seus protetores embarcam em uma jornada perigosa para encontrar seu verdadeiro lar. Com eles está Jia, uma jovem órfã que tem uma ligação única e forte com Kong. Mas eles não sabiam que estavam no caminho de um Godzilla enfurecido, que está deixando um rastro de destruição pelo planeta. Esse combate épico entre os dois titãs, instigado por forças ocultas, é apenas o começo do mistério que jaz no núcleo da Terra.

O filme estreia nos cinemas e na HBO Max no dia 26 de março.

Continue Lendo

Cinema

Quais Séries a Galera Está Assistindo?

Fizemos uma pesquisa no nosso instagram @trilhadomedo para descobrir o que a galera do medo anda assistindo no mundo das séries e onde o pessoal prefere assistir filmes. Descubra abaixo!

Lembrando que o resultado é com base nos nossos seguidores apenas.

Qual série a galera do medo está acompanhando no momento:

Disparado a série mais citada na enquete do instagram foi “WandaVision” disponível no Disney+, que está lançado um episódio por semana, toda sexta-feira. E a galera tá acompanhando séries bem diversas além do terror, ficção científica. De “Outlander”, “The Office”, até “Dawson’s Creek” e claro temos documentário de terror, “Night Stalker“.

Confira o gráfico com as séries mais mencionadas:

Também foram citadas as séries, Stranger Things, Buffy, Evil, Angel, Hannibal, Equinox, The Purge, Modern Love, Slasher, Star Trek: Discovery, Lovecraft Country, One Day at a Time, Lovesick, The Good Place, Silêncio na Floresta, Creepshow, Kairos, Schitt’s Creek, Mr. Mercedes, I’ll Be Gone In The Dark, The Blacklist, Você, Elite, The Witcher, The Rain, Lost, Big Mouth, Sweet Home, Santa Clarita Diet, Away, Ratched, A Fúria, The Boys, The Stand, Dickinson, Suits, Supernatural, The Handmaid’s Tale, The Walking Dead, The Outsider e The Expanse.

Qual serviço de streaming o pessoal está mais consumindo:

Sem surpresas o serviço de streaming mais utilizado pela galera do medo é a Netflix e em segundo Amazon Prime Video:


Também foi citado Stremio, PlutoTV, Darkflix e GloboPlay.

Também perguntamos se o pessoal prefere assistir filmes ao invés de séries e parece que sim:

58% Prefere filmes enquanto 42% está acompanhando mais séries atualmente.

Mas por onde essa galera está assistindo os filmes durante essa pandemia? E não foi surpresa Netflix e Amazon Prime Video serem os favoritos, mas em terceiro temos – “Torrent”, seguindo em quarto lugar o Telecine está na frente de “Apps/Sites Não Oficiais” e TV a cabo. E ficamos felizes em ver que a galera ainda consome Bluray/DVD e os menos porém citados foram HBO Go, Globoplay, Youtube, Disney+ e Cinema (cuidado).

Você não concorda com o pessoal? Então segue nosso instagram @trilhadomedo e vote nas próximas pesquisas da Trilha do Medo.

Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento