Cola na gente
Midsommar | Curiosidades e Trilha Sonora do filme Midsommar | Curiosidades e Trilha Sonora do filme

Cinema

Midsommar | Curiosidades e Trilha Sonora do filme

Midsommar (2019) é o segundo filme do diretor Ari Aster, roteirista e diretor que deixou todo mundo espantado com “Hereditário”.

Com mais uma obra de explodir a cabeça dos espectadores, Aster consegue intrigar, chocar e deixar a gente sem folego em diversos momentos do filme. Além de tudo isso o longa tem varias curiosidades interessantes, que você pode acompanhar logo a seguir.

Aproveita e deixa a trilha sonora tocando enquanto você lê essas curiosidades de Midsommar, pra deixar o clima mais sinistro. hehehe

Pra saber mais sobre a trilha sonora, clique aqui.

 

Se você ainda não viu o filme, não recomendamos que continue lendo esta postagem.

A dança tradicional do mastro ainda é feita: o sueco midsommarstång ou maypole é de herança cristã alemã, e a chegada do verão é comemorada com aldeias reunidas e dançando ao redor do Maypole.

 

‘Midsommar ou Midsummer significa “solstício de verão”, uma das principais celebrações suecas. Acredita-se que seja comemorado desde a idade da pedra. Por aqui foi “adaptado” para nossas festas juninas que acontecem na mesma época do ano.

 

Para o diretor, o filme é um “Mágico de Oz para pervertidos”. Ambas as histórias apresentam problemas tempestuosos, bruxaria e plantas alucinógenas, até o caminho que leva a Harga é coberto de flores amarelas, semelhantes aos tijolos amarelos de O Mágico de Oz.

 

Em uma entrevista o diretor/roteirista Ari Aster explicou que as conexões entre Hereditário (seu primeiro longa) e Midsommar não eram inteiramente intencionais, mas que os filmes estão, de certa forma, conectados. “Eles estão espiritualmente conectados inadvertidamente”, disse Aster.

 

A torta com pelos pubianos é um feitiço real feito nos tempos medievais. Mesmo nos dias de hoje em muitos países como a África ou países latinos, pessoas continuam praticando esse tipo de “feitiço” para atrair uma pessoa amada.

 

O rosto da irmã de Dani (protagonista) aparece em meio as árvores durante o ritual que acontece próximo ao final do filme.

 

Ele usou o próprio fim de relacionamento para projetar sua dor em Dani: “Queria fazer um ótimo filme de rompimento operístico que parecesse e fosse reproduzido de forma tão consistente quanto o fim de um relacionamento para as partes envolvidas”. O fim de um relacionamento há cinco anos o levou a pensar sobre esse roteiro e a representação da dor, e embora ele não saiba se a pessoa que causou essa dor esteja ciente disso, ele imagina que “deve ter alguma noção”.

 

E ai, o que achou? Deixe seu comentário com sua opinião e se encontrar mais curiosidades conta pra gente.

Cinema

A Lenda de Candyman – Novas imagens, pôster e vídeo especial

Hoje temos várias novidades de “A Lenda de Candyman” com novas imagens e pôster, além de uma mensagem especial da diretora do filme, Nia DaCosta, em um vídeo intitulado “Candyman x Juneteenth”, veja abaixo:

Candyman” é produzido por Jordan Peele (Corra!, Nós), que co-escreveu o filme comWin Rosenfeld. Estreia em 27 de agosto de 2021.

De acordo com o comunicado de imprensa, o “Décimo-primeiro mês é um dia que historicamente reconheceu a perseverança e o poder da comunidade negra. Nos últimos dois anos, dedicar algum tempo para reconhecer e refletir sobre este feriado ganhou um significado ainda maior. A arte negra, e a narração de histórias negra em particular, oferece ao público a oportunidade de ver a realidade e a possibilidade da vida negra na América”.

“Candyman apareceu pela primeira vez no filme no clássico cult de Bernard Rose de 1992 como uma entidade vingativa e mística, vítima de um crime de ódio brutal que exterioriza sua dor na mesma comunidade que uma vez se voltou contra ele. Nia DaCosta encontrou inspiração para trazer Candyman para uma nova era. Como diretora de Candyman deste ano, ela criou um filme enraizado no terror que reformula a lenda de Candyman com uma nova urgência. Produzido por Jordan Peele, este filme é um filme de terror emocionante, aterrorizante, divertido e assustador como o inferno, que também fala sobre o movimento e impulso da vida negra agora. Nesta peça, Nia articula suas intenções para o filme na véspera do dia 19 de junho.”

“Desde que os moradores se lembram, os conjuntos habitacionais do bairro Cabrini Green em Chicago foram aterrorizados por uma história de fantasma boca a boca sobre um assassino sobrenatural com um gancho na mão, facilmente convocado por aqueles que ousam repetir seu nome cinco vezes em um espelho. Atualmente, uma década após a última das torres do Cabrini ter sido demolida, o artista visual Anthony McCoy (Yahya Abdul-Mateen II) e sua namorada, a diretora da galeria Brianna Cartwright (Teyonah Parris), mudam-se para um loft luxuoso em Cabrini, agora gentrificado além do reconhecimento e habitado por millennials em ascensão.”

“Com a carreira de pintura de Anthony à beira do empate, um encontro casual com um veterano do Cabrini Green (Colman Domingo) expõe Anthony à natureza tragica e horrível da verdadeira história por trás de Candyman. Ansioso para manter seu status no mundo da arte de Chicago, Anthony começa a explorar esses detalhes macabros em seu estúdio como um novo grão para pinturas, sem saber abrindo uma porta para um passado complexo que desvenda sua própria sanidade e desencadeia uma onda de violência terrivelmente viral que coloca ele em rota de colisão com o destino.”

Rodney L. Jones III as Billy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Rodney L. Jones III as Billy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left) Director Nia DaCosta and Yahya Abdul-Mateen II on the set of Candyman.

(from left) Director Nia DaCosta and Yahya Abdul-Mateen II on the set of Candyman.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left) Troy Cartwright (Nathan Stewart-Jarrett) and Grady Smith (Kyle Kaminsky) in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left) Troy Cartwright (Nathan Stewart-Jarrett) and Grady Smith (Kyle Kaminsky) in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left, center) Yahya Abdul-Mateen II and director Nia DaCosta on the set of Candyman.

(from left, center) Yahya Abdul-Mateen II and director Nia DaCosta on the set of Candyman.

(from left) Young Brianna (Hannah Love Jones, back to camera) and Gil Cartwright (Cedric Mays) in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left) Young Brianna (Hannah Love Jones, back to camera) and Gil Cartwright (Cedric Mays) in Candyman, directed by Nia DaCosta.

(from left) Teyonah Parris and director Nia DaCosta on the set of Candyman.

(from left) Teyonah Parris and director Nia DaCosta on the set of Candyman.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Colman Domingo as William Burke in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Colman Domingo as William Burke in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Candyman, in silhouette, in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Candyman, in silhouette, in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Teyonah Parris as Brianna Cartwright in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Yahya Abdul-Mateen II as Anthony McCoy in Candyman, directed by Nia DaCosta.

Continue Lendo

Cinema

Pedra, Papel e Tesoura Vira Brincadeira Sinistra em Filme Argentino

Pedra, Papel e Tesoura Vira Brincadeira Sinistra em Filme Argentino

“Piedra, papel y tijera” é um thriller cômico e sinistro argentino dirigido por Martín Blousson e Macarena García Lenzi, premiado em quatro categorias no Fantaspoa 2020. Esta semana recebeu o título “Rock, Paper and Scissors” nos EUA e estreia por lá em plataformas digitais no dia 6 de julho de 2021.

“Jesus e Maria José são irmãos que vivem na casa do pai, recentemente falecido. Essa rotina é interrompida pela chegada de Magdalena, sua meia-irmã paterna. Depois de muitos anos sem estar com seus irmãos, ela vem da Espanha para reclamar sua parte na casa herdada de seu pai. No entanto, os irmãos, que não querem vendê-la, passam a fazer brincadeiras perversas com ela, em que fica difícil distinguir quem está com a pedra, quem está com o papel e quem está com a tesoura.”

Confira o trailer e pôster divulgados pela distribuidora Dark Star Pictures, abaixo.

Pedra, Papel e Tesoura Vira Brincadeira Sinistra em Filme Argentino Piedra, papel y tijera Rock, Paper and Scissors

Continue Lendo

Cinema

“Um Clássico Filme de Terror” chega à Netflix em Julho

Um-Clássico-Filme-de-Terror

Neste filme de terror apavorante, estranhos viajam pelo sul da Itália e ficam presos na floresta, onde deverão lutar desesperadamente para sair vivos.

Escrito por Roberto De Feo (Il nido), Paolo Strippoli, Lucio Besana, David Bellini e Milo Tissone, e dirigido por Roberto De Feo e Paolo Strippoli, o misterioso filme de terror italiano intitulado “A Classic Horror Story” está chegando à Netflix e promete ser um novo clássico.

“Um fazendeiro. Um acidente de carro. Uma casa abandonada. Música de ninar ao fundo. Acha que já viu isso antes? Olhe novamente”

“Um Clássico Filme de Terror” estreia na Netflix em 14 de julho. Clique aqui para colocar o filme na sua lista. Assista ao trailer oficial abaixo.

Estrelando Matilda Lutz, Francesco Russo, Peppino Mazzotta, Will Merrick, Yuliia Sobol, Alida Baldari Calabria, Cristina Donadio, Francesca Cavallin.

“Um Clássico Filme de Terror” (A Classic Horror Story) Trailer Legendado

Um-Clássico-Filme-de-Terror

Um-Clássico-Filme-de-Terror

Um-Clássico-Filme-de-Terror

Continue Lendo

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento