Cola na gente

Cinema

La Llorona procura justiça em novo filme baseado na lenda

Um velho ditador paranóico, protegido por uma esposa feiticeira, enfrenta a morte e a revolta de seu povo na Guatemala.

O filme venceu o prêmio “Giornate degli Autori” de melhor direção no Festival de Veneza 2019. Produzido pela plataforma de streaming Shudder, tem direção de Jayro Bustamante (Tremores), que escreveu o roteiro ao lado de Lisandro Sanchez.

“Alma e os filhos são assassinados em um conflito armado na Guatemala. Trinta anos depois, um processo criminal é movido contra Enrique, um general aposentado que supervisionou o genocídio. Mas ele é absolvido no julgamento e o espírito de La Llorona é libertado para vagar pelo mundo como uma alma penada entre os vivos. À noite, Enrique começa a ouvir os lamentos de La Llorona. Sua esposa e a filha, então, acreditam que ele está começando a sofrer de demência. Mal poderiam suspeitar que sua nova governanta, Alma, está lá para cumprir a vingança que o julgamento não foi capaz de fazer.”

Estrelando estão María Mercedes Coroy (Bel Canto), Sabrina De La Hoz (Tremores), Margarita Kenéfic, Julio Diaz, María Telón, Juan Pablo Olyslager e Ayla-Elea Hurtado.

No folclore hispano-americano, La Llorona (A Chorona) é uma lenda urbana sobre uma mulher que afogou seus filhos em um momento de fúria e desespero, pouco tempo depois sofrendo pelo remorso ela comete suicídio, desde então a chorona lamenta por suas mortes por toda a eternidade, vagando como um fantasma ou aparição. La Llorona sequestra crianças errantes à noite, confundindo-as com seus filhos. A lenda diz que ela afoga as crianças que sequestra, na esperança de encontrar seus filhos para ficar em paz. Alguns acreditam que aqueles que ouvem os lamentos de La Llorona estão marcados para a morte ou infortúnio, versão bastante parecida com a lenda gaélica do banshee.

Cinema

Família luta para sobreviver em “Destruição Final – O Último Refúgio” | Trailer Legendado

Em Destruição Final – O Último Refúgio, uma família luta para sobreviver enquanto um cometa segue em direção à Terra. John Garrity (Gerard Butler), sua esposa Allison (Morena Baccarin) e seu jovem filho Nathan (Roger Dale Floyd) fazem uma perigosa jornada à procura de um local seguro para se estabelecerem. Nessa jornada, eles enfrentarão o pior da humanidade em um momento de crescimento do pânico em um cenário onde a lei não mais existe.

Dirigido por Ric Roman Waugh (Invasão ao Serviço Secreto) e roteiro de Chris Sparling (Enterrado Vivo).

Família luta para sobreviver em Destruição Final - O Último Refúgio | Trailer Legendado

Continue Lendo

Cinema

Bruce Campbell fala sobre “Evil Dead Rise” e sua nova protagonista

É inquestionável que Bruce Campbell é o grande nome de toda a franquia Evil Dead – A Morte do Demônio, por personificar o icônico Ash, agora ele volta à saga mas apenas como produtor do novo filme “Evil Dead Rise” do diretor Lee Cronin (The Hole in the Ground).

Hoje Campbell revelou informações importantes ao al.com, inclusive que a protagonista Mia do remake de 2013, interpretada pela atriz Jane Levy, não retorna ao novo filme.

“Vamos ter uma heroína, uma mulher no comando, e ela vai tentar salvar sua família. Estamos quase lá… estamos apenas tentando encontrar a pretendente correta… Olha, este é outro filme de ‘Evil Dead’ e aquele livro [Necronomicon] se espalha, muitas pessoas se deparam com ele e isso leva à outra história. A chave principal de Evil Dead é que eles são apenas pessoas normais que estão lutando contra o que parece ser um mal incontrolável, e é daí que vem o terror. Não é sobre alguém habilidoso. Eles [demônios] não estão lutando contra um soldado. Eles não estão lutando contra um cientista. Eles não estão lutando com ninguém mais do que seu vizinho comum. Neste vai ser algo parecido.”

Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento