Cola na gente

Cinema

Viciado é possuído por alienígena e passa por situações bizarras em “Fried Barry”

“Fried Barry” (Barry Fritado) é o primeiro longa-metragem de Ryan Kruger (Warrior) e está passando por diversos festivais de cinema do mundo, incluindo FANTASIA e SITGES, atualmente é o número um no Brasil no FANTASPOA pelo DARKFLIX, festival que está acontecendo online.

O filme conta a bizarra trajetória de Barry, um viciado em drogas, pai e marido, vivendo em um pesadelo de classe média. Depois de mais uma noitada, Barry está voltando para casa na calada da noite quando é raptado por uma nave alienígena. Ele é submetido a procedimentos inimagináveis ​​e seu corpo é possuído por um visitante alienígena. O alienígena leva o corpo de Barry para passear pelas avenidas mais estranhas e sombrias da Cidade do Cabo, na África do Sul. Ao longo do caminho, ele aprende sobre o estranho e implacável munda dos humanos.

No estilo de um “filme de estrada” injetado com LSD, Barry vagueia de um lugar para outro, entrando em todos os tipos de travessuras – do requintado ao louco: de fumar metanfetamina e ir a uma rave, de ser submetido a torturas brutais e salvar a vidas de uma dúzia de crianças. O alienígena é forçado a deixar a Terra quando o corpo de Barry começa a se deteriorar devido ao abuso sofrido em sua intensa jornada, então ele retorna para sua nave, no entanto, não sem levar Barry e aqueles que o rodeiam em um passeio que nunca esquecerão.

A história do filme começou com um curta-metragem experimental de 3 minutos filmado em 2016. O conceito era simples: um viciado em heroína irritado mexendo em um armazém após se drogar. O curta é bastante intenso sobre a experiência do personagem principal, Barry. O conceito simples e a execução estilizada renderam ao filme 59 indicações e 13 prêmios em festivais de cinema em todo o mundo. Assista ao curta clicando aqui.

 

Advertisement
Clique para comentar

Cinema

Atenda o Telefone e Tente Sobreviver em “The Call”

Sabe aquela vibe despretensiosa que os filmes de terror dos anos 90/2000 tem? É essa sensação que senti com o trailer de “The Call” o novo filme de terror dos produtores de “Premonição” com Lin Shaye e Tobin Bell, uma dupla de ícones do terror!

“Quatro Amigos. Um telefonema. 60 segundos para ficar vivo. No outono de 1987, um grupo de amigos de uma pequena cidade deve sobreviver à noite na casa de um casal sinistro depois que um trágico acidente ocorre. Precisando apenas fazer um único telefonema, o pedido parece terrivelmente comum até que eles percebam que essa ligação poderia mudar suas vidas.”

Além de Shaye e Bell temos também Chester Rushing (Stranger Things), Erin Sanders (Big Time Rush) e Judd Lormand (SEAL Team) no elenco. Direção de Timothy Woodward Jr. (The Final Wish) e escrito por Patrick Stibbs.

“The Call” terá seu lançamento no cinema e drive-in dia 2 de outubro do Cinedigm nos EUA.

Continue Lendo

Cinema

Bicho-Papão, Bruxas e Babás Heroínas no Filme de Halloween da Netflix

“Manual de Caça a Monstros” é mais um filme de Halloween da Netflix e seu primeiro trailer entrega uma baita aventura cheia de monstros, bicho-papão, bruxas e babás heroínas. Assista:

Baseado na trilogia de livros de Joe Ballarini lançados em 2017, a primeira adaptação tem data de estreia para o dia 15 de outubro na Netflix.

Dirigido por Rachel Talalay e roteiro de Ballarini tem Tamara Smart, Oona Laurence, Alessio Scalzotto, Ian Ho, Tamsen McDonough, Troy Leigh-Anne Johnson, Lynn Masako Cheng, Ty Consiglio, Ashton Arbab, Crystal Balint, Ricky He, com Indya Moore, e Tom Felton no elenco.

“Quando Kelly Ferguson (Tamara Smart) relutantemente concorda em ser babá de Jacob Zellman (Ian Ho) no Halloween, a última coisa que ela espera é ser recrutada para uma sociedade secreta internacional de babás que protegem crianças com poderes especiais de monstros. Para manter Jacob a salvo de perigos, Kelly se junta à vice-presidente Liz Lerue (Oona Laurence), o gênio da tecnologia Berna Vincent (Troy Leigh-Anne Johnson), a especialista em criaturas Cassie Zhen (Lynn Masako Cheng) e o mestre de poções Curtis Critter (Ty Consiglio), para derrotar um bicho-papão conhecido como “O Grande Guignol” (Tom Felton), uma bruxa glamorosa chamada “Peggy Drood” (Indya Moore) e sua legião de monstros.”

Compre o livro aqui (infelizmente o livro não foi lançado no Brasil, mas você consegue comprar a versão física em inglês).

Tom Felton

Fonte: Bloody Disgusting
Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento