Cola na gente
Marjorie Estiano em noturnos série de terror canal brasil vinicius de moraes Marjorie Estiano em noturnos série de terror canal brasil vinicius de moraes

Notícias

Série de terror inspirada na obra de Vinicius de Moraes estreia no Canal Brasil

Série nacional de terror “Noturnos”, inspirada na obra de Vinicius de Moraes traz seis episódios dirigidos por cineastas da nova geração que se destacam no gênero. A produção tem criação de Caetano Gotardo, Marco Dutra e Renato Fagundes, com direção geral de Caetano e Marco. No elenco estão Andrea Marquee, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Rafael Losso e Vaneza Oliveira.

“Noturnos”, série original do Canal Brasil, com produção de A Fábrica, vai revelar um lado menos conhecido – mas fascinante – da obra de Vinicius de Moraes. Os episódios adaptam poemas e contos do Poetinha num gênero surpreendente: o terror. A atração estreia na quarta-feira, dia 21, às 22h e, na mesma data, todos os episódios estarão disponíveis nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay.

Marjorie Estiano durante gravação da Série Noturno, pelo Canal Brasil. Photo: Emiliano Capozoli www.emilianocapozoli.com emiliano.capozoli@gmail.com

Com direção geral da dupla Caetano Gotardo & Marco Dutra (de filmes como “Todos os Mortos”, que dirigiram juntos, e “As Boas Maneiras”, que Marco dirigiu com Juliana Rojas e que Caetano montou), a série de seis episódios tem como ponto de partida sete contos e poemas de Vinicius: “Balada do Morto Vivo”, “O Mágico”, “Operário em Construção”, “Conto Carioca”, “Conto Rápido”, “A Grande Voz” e “O Incriado”. O elenco reúne nomes como Andrea Marquee, Thaia Perez, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Rafael Losso, Vaneza Oliveira, Bernardo de Assis, Larissa Siqueira, Rogério Brito, Eduardo Gomes, Edgar Castro, Bruno Bellarmino e Gilda Nomacce.

Presos num teatro por conta de uma sombria tempestade que inundou a cidade, os atores da Noturna Companhia de Teatro trocam, ao longo de uma única noite, experiências e histórias que fazem referência a vários subgêneros dentro do terror, do gore ao fantástico. Os cenários variam: uma casa às margens do Rio Negro, no Amazonas; uma Casa Grande do século 18; o canteiro de obras de um prédio que está prestes a desabar; uma praia… O tom é de terror psicológico, em busca do equilíbrio entre a sofisticação e o apelo popular que marca a obra de Vinicius de Moraes. Neste caso, um Vinicius revelador, inesperado.

Escritos por Marco Dutra, Caetano Gotardo, Gustavo Vinagre e Alice Marcone, os episódios têm diferentes diretores convidados da nova geração do cinema brasileiro, muitos deles ligados ao terror. Fazem parte da lista Gabriela Amaral Almeida, Vinícius Silva, Rodrigo Aragão, Gustavo Vinagre e Aaron Salles Torres, além dos próprios Marco e Caetano.

noturnos nova série de terror canal brasil vinicius de moraes

INFORMAÇÕES DOS EPISÓDIOS:
EPISÓDIO 1 – O Sol das Almas (48min) | A partir do poema “Balada do Morto Vivo”
Direção: Gabriela Amaral Almeida & Marco Dutra
Sinopse: Uma tempestade deixa presos dentro de um teatro os membros da Noturna Companhia durante o ensaio de sua nova peça – o musical “Ana e os Outros”. Entre eles, a diretora Tatiana, a dramaturgista Heloísa e os atores Joana, Antônio, Jorge e Marcus. Para passar o tempo, Marcus sugere que eles contem uns para os outros histórias de terror. Ele mesmo começa, contando a suposta história da avó, Lunalva, e de sua misteriosa relação com um inglês chamado Bill, no Amazonas dos anos 40, durante o ciclo da borracha…

EPISÓDIO 2 – A Pedra que Brilha (39min) | A partir do texto “O Mágico”
Direção: Vinícius Silva
Sinopse: A tempestade segue forte. Agora é Antônio quem conta sua história – na verdade, sua lembrança da encenação da primeira peça de Tatiana, um espetáculo chamado “O Mágico”, que ela mesma preferia ter esquecido. A peça abordava o tema da escravidão nas Minas Gerais do século 18. Mas havia na abordagem algo mais perturbador, algo muito estranho. Ao terminar sua história, Antônio é acuado por Tatiana e resolve ir embora do teatro no meio da tempestade.

EPISÓDIO 3 – Os Ossos do Ofício (44min) | A partir do poema “O Operário em Construção”
Direção: Rodrigo Aragão
Sinopse: Antônio retorna, encharcado, acompanhado por Moema e Lauro, dois estranhos que o salvaram da correnteza violenta. Quando todos estão aquecidos e mais calmos, Heloísa é instigada por Tatiana a narrar algo. Heloísa conta, então, a tenebrosa história de alguns operários trabalhando numa obra subterrânea claustrofóbica, prestes a desmoronar – um pouco como o próprio teatro onde nossos personagens se encontram…

EPISÓDIO 4 – A Mulher na Sombra (44min)| A partir dos textos “Conto Carioca” e “Conto Rápido”
Direção: Aaron Salles Torres
Sinopse: É a vez de “os estranhos” Moema e Lauro contarem uma história. Eles dizem que preferem narrar algo mais animado, leve, algo mais solar. A história deles se passa numa praia. É uma história de sedução que começa um tanto tranquila, mas que logo revela seu lado doentio.

EPISÓDIO 5 – O Filho Perfeito (43min) | A partir do poema “A Grande Voz”
Direção: Gustavo Vinagre
Sinopse: Em choque com a história dos estranhos, Jorge resolve narrar um conto que ele jura ser a história de sua própria família – em especial a de seu pai e de seu irmão. É uma história de fanatismo, sacrifício e morte. Mas é também um olhar alegórico sobre sua transexualidade. Ao fim de sua história, a energia elétrica do teatro cai. Todos ficam na escuridão. A tempestade está mais forte do que nunca.

EPISÓDIO 6 – O Feixe de Contradições (50min) |A partir do poema “O Incriado”
Direção: Caetano Gotardo & Marco Dutra
Sinopse: É a vez de Joana, a protagonista da peça que está sendo ensaiada, narrar sua história. Mas ela está nervosa com o que pode estar acontecendo com sua filha do lado de fora do teatro, na cidade. Os celulares começam a morrer um por um. Joana delira. Caminha pelo teatro, que agora é um espaço de pesadelo, já invadido pela água. Ela encontra, um a um, seus colegas de cena. Mas eles não parecem mais ser os mesmos.

Marjorie Estiano durante gravação da Série Noturno, pelo Canal Brasil. Photo: Emiliano Capozoli www.emilianocapozoli.com emiliano.capozoli@gmail.com

Marjorie Estiano durante gravação da Série Noturno, pelo Canal Brasil. Photo: Emiliano Capozoli www.emilianocapozoli.com emiliano.capozoli@gmail.com

Fotografias da série Noturnos, Canal Brasil. São Paulo, 2019 Photo: Emiliano Capozoli www.emilianocapozoli.com emiliano.capozoli@gmail.com

Fotografias da série Noturnos, Canal Brasil. São Paulo, 2019 Photo: Emiliano Capozoli www.emilianocapozoli.com emiliano.capozoli@gmail.com

Cinema

Família luta para sobreviver em “Destruição Final – O Último Refúgio” | Trailer Legendado

Em Destruição Final – O Último Refúgio, uma família luta para sobreviver enquanto um cometa segue em direção à Terra. John Garrity (Gerard Butler), sua esposa Allison (Morena Baccarin) e seu jovem filho Nathan (Roger Dale Floyd) fazem uma perigosa jornada à procura de um local seguro para se estabelecerem. Nessa jornada, eles enfrentarão o pior da humanidade em um momento de crescimento do pânico em um cenário onde a lei não mais existe.

Dirigido por Ric Roman Waugh (Invasão ao Serviço Secreto) e roteiro de Chris Sparling (Enterrado Vivo).

Família luta para sobreviver em Destruição Final - O Último Refúgio | Trailer Legendado

Continue Lendo

Cinema

Bruce Campbell fala sobre “Evil Dead Rise” e sua nova protagonista

É inquestionável que Bruce Campbell é o grande nome de toda a franquia Evil Dead – A Morte do Demônio, por personificar o icônico Ash, agora ele volta à saga mas apenas como produtor do novo filme “Evil Dead Rise” do diretor Lee Cronin (The Hole in the Ground).

Hoje Campbell revelou informações importantes ao al.com, inclusive que a protagonista Mia do remake de 2013, interpretada pela atriz Jane Levy, não retorna ao novo filme.

“Vamos ter uma heroína, uma mulher no comando, e ela vai tentar salvar sua família. Estamos quase lá… estamos apenas tentando encontrar a pretendente correta… Olha, este é outro filme de ‘Evil Dead’ e aquele livro [Necronomicon] se espalha, muitas pessoas se deparam com ele e isso leva à outra história. A chave principal de Evil Dead é que eles são apenas pessoas normais que estão lutando contra o que parece ser um mal incontrolável, e é daí que vem o terror. Não é sobre alguém habilidoso. Eles [demônios] não estão lutando contra um soldado. Eles não estão lutando contra um cientista. Eles não estão lutando com ninguém mais do que seu vizinho comum. Neste vai ser algo parecido.”

Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento