Cola na gente

Notícias

“Resident Evil: No Escuro Absoluto” chega à Netflix

A série “Resident Evil: No Escuro Absoluto” é uma história de horror e ação baseada em dois dos personagens mais populares da franquia de jogos, Leon S. Kennedy e Claire Redfield. Ao acrescentar suspense às cenas mais dinâmicas, a série vai revelar um mundo inédito dentro do universo de “Resident Evil”. Sinônimo de qualidade entre os jogos do gênero horror de sobrevivência e com mais de 100 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro, “RE” foi transformado em uma série de animação original Netflix.

“Resident Evil: No Escuro Absoluto” terá 4 episódios e estreia em 8 de Julho na Netflix. Clique aqui para colocar a série na sua lista.

Três anos após o filme em computação gráfica lançado em 2017, “Resident Evil: A Vingança”, a tecnologia evoluiu ainda mais e criou a base para esta série no formato inédito de animação em computação gráfica inteiramente em 3D, também chamada de “Full 3D”. Como o primeiro jogo foi lançado para o Sony PlayStation em 1996, a franquia “Resident Evil” em breve chega aos 25 anos. Marcando a evolução da série, a proposta de “RESIDENT EVIL: No Escuro Absoluto” é também conquistar seu lugar na história.

Esta nova animação é produzida e supervisionada por Hiroyuki Kobayashi, da Capcom, responsável por diversos títulos da série “Resident Evil”. A produção ficará por conta da TMS Entertainment, que já criou várias séries de anime, enquanto a Quebico fará a animação em computação gráfica Full 3D. A empresa é liderada por Kei Miyamoto, produtor de “Resident Evil: A Vingança”. A série é dirigida por Eiichiro Hasumi.

"Resident Evil: No Escuro Absoluto" chega à Netflix

Cinema

Arquivos de um Serial Killer – Dennis Nilsen narra seus terríveis crimes em documentário da Netflix

O serial killer necrófilo Dennis Nilsen narra sua vida e crimes horríveis por meio de uma série de fitas de áudio arrepiantes gravadas em sua cela na prisão.

Arquivos de um Serial Killer (Memories of a Murderer: The Nilsen Tapes) é um documentário de 84 minutos produzido pelos criadores de Don’t F**k with Cats. Estreia na Netflix em 18 de agosto de 2021. Clique aqui para colocar o filme na sua lista.

Em 1983, Dennis Nilsen, o serial killer mais famoso da história do Reino Unido, confessou ter assassinado 15 pessoas. Ao longo de cinco anos, ele levava jovens vulneráveis para casa e os estrangulava. Depois, escondia os corpos embaixo das tábuas do piso.

Desde então, muitos livros e documentários tentaram desvendar a verdade sobre o método e o motivo dos assassinatos. Mas, agora, com acesso exclusivo aos objetos pessoais deixados por Nilsen em sua cela após a morte, incluindo fitas cassete com mais de 250 horas de gravações inéditas, este filme realmente mergulha no mundo do criminoso. Vamos descobrir como o menino que passou a infância em um vilarejo de pescadores na Escócia se transformou nesse assassino impiedoso que assombrava as ruas de Londres.

O pano de fundo é o Reino Unido da década de 1980, uma época em que o desemprego expulsava os jovens do interior. Em Londres, com péssimas condições de vida, eles acabavam se tornando presas fáceis. Combinando entrevistas de policiais, jornalistas, sobreviventes, familiares das vítimas e, pela primeira vez, a voz do assassino em primeira pessoa, o documentário explora como Nilsen conseguiu cometer tantos assassinatos sem ser descoberto durante cinco anos.

Produção de Dimitri Doganis (Don’t F**k with Cats, Três Estranhos Idênticos), direção e edição de Michael Harte (Don’t F**k with Cats) e produção executiva de Sam Starbuck (A História dos Estados Unidos).

Arquivos de um Serial Killer - Dennis Nilsen narra seus terríveis crimes em documentário da Netflix

Memories of a Murderer The Nilsen Tapes memorias de um serial killer tdm 1

Memories of a Murderer The Nilsen Tapes memorias de um serial killer tdm 1

Continue Lendo

 

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento