Cola na gente

Cinema

Conheça o polêmico filme ‘A Casa que Jack Construiu’

‘A Casa que Jack Construiu’ longa protagonizado por Matt Dillon estreia hoje (1/11) em São Paulo, Manaus, São Luiz, Teresina, Fortaleza, Recife, Guararapes, Natal, João Pessoa, Maceió, Salvador, Belo Horizonte, Jundiaí, Ribeirão Preto, Santos, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

O protagonista vê cada assassinato como uma obra de arte, mesmo que isso possa lhe dar problemas no mundo externo. Embora saiba que a polícia está cada vez mais perto e que sua condenação está mais próxima, ele está determinado a ir mais e mais longe, ao contrário de toda a lógica. “Por muitos anos, eu fiz filmes sobre boas mulheres, agora fiz um sobre um homem mau”, revela Lars von Trier. Para os principais personagens de “A CASA QUE JACK CONSTRUIU”, Lars von Trier juntou um impressionante elenco internacional. Matt Dillon é a estrela no papel principal, como o serial killer Jack. Uma Thurman, Siobhan Fallon Hogan, Sofie Gråbøl e Riley Keough estão entre as mulheres que lamentavelmente encontram Jack em seu caminho.

SINOPSE:
Um dia, durante um encontro fortuito na estrada, o arquiteto Jack (Matt Dillon) mata uma mulher. Este evento provoca um prazer inesperado no personagem, que passa a assassinar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Devido ao descaso das autoridades e à indiferença dos habitantes locais, o criminoso não encontra dificuldade em planejar seus crimes, executá-los ao olhar de todos e guardar os cadáveres num grande frigorífico. Tempos mais tarde, ele compartilha os seus casos mais marcantes com o sábio Virgílio (Bruno Ganz) numa jornada rumo ao inferno.

FICHA TÉCNICA:
Direção: Lars von Trier
Elenco: Matt Dillon, Bruno Ganz, Uma Thurman
Gênero: Thriller
País: Dinamarca, França, Suécia, Alemanha
Ano: 2018
Duração: 155 min
Classificação: 18 anos

SOBRE O DIRETOR:
Lars von Trier, nascido em 1956, é o cofundador da produtora dinamarquesa Zentropa, assim como um dos fundadores do movimento Danish Dogma nos anos 90.

Os filmes de Lars von Trier ganharam prêmios pelo mundo incluindo as principais premiações em Cannes, como a Palma de Ouro para Dançando no Escuro, o Grande Prêmio do Júri para Ondas do Destino, o Prêmio de Melhor Atriz para Charlotte Gainsbourg em Anticristo e o Prêmio de Melhor Atriz para Kirsten Dunst em Melancolia.

Veja algumas cenas do filme clicando aqui.

Cinema

[Unboxing] Filmes de Terror de Novembro da Versátil

Se você curte clássicos do cinema de terror, então precisa conhecer os produtos da Versátil Home Vídeo. Gravamos um unboxing dos Lançamentos de Novembro que eles enviaram para nós, assista. Um dos precursores do horror no cinema, ‘Nosferatu’, Coletâneas, Filmes italianos e muito mais. Confira:

Ficou interessado? Então acesse o site da Versátil Home Vídeo aqui.

Continue Lendo

Cinema

‘O Grito’ terá nova entidade além de Kayako

‘O Grito’ ganhou vídeo com cenas inéditas.

“Quando alguém morre sob uma fúria terrível, deixa para trás esse rancor, esse desejo sem resposta de vingança e violência”, comenta o produtor Sam Raimi no novo vídeo de divulgação do filme ‘O Grito’, com algumas cenas inéditas.

“Esse rancor pode se espalhar para qualquer lugar e para toda parte”, diz Nicolas Pesce, que dirigiu a mais nova versão.

“Esta é uma entidade completamente diferente, carregada com sua própria personalidade e seu próprio terror.”

Uma nova informação é que a entidade irá tomar várias formas: “Uma manifestação do rancor; depois de entrar na casa, a maldição se espalha e pode assumir uma variedade de formas e consequências.”

A atriz Lin Shaye (Sobrenatural): “Este é um filme de terror. Isso é um terror real.”

Embora saibamos que Junko Bailey interpreta Kayako nesta versão, não sabemos quem é esse suposto novo espírito, quem o interpreta e quantos existem. ‘O Grito’ estreia dia 2 de janeiro de 2020.

Continue Lendo

Cinema

Terror ‘O Juízo’ estreia nesta quinta 5 de dezembro

Terror nacional conta com Felipe Camargo, Carol Castro, Criolo, Joaquim Torres Waddington, Lima Duarte e Fernanda Montenegro

“O Juízo”, suspense sobrenatural dirigido por Andrucha Waddington (“Sob Pressão”) e escrito por Fernanda Torres, estreia dia 5 de dezembro. O longa narra um acerto de contas que leva mais de duzentos anos para se concretizar. A produção Conspiração, em coprodução com Globo Filmes, tem distribuição da Paris Filmes. O longa foi exibido na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

“O Juízo” conta a história de Augusto Menezes (Felipe Camargo) que está em crise no casamento com Tereza (Carol Castro). Na esperança de colocar sua vida nos eixos, depois de perder o emprego na cidade e sofrer com o alcoolismo, decide mudar-se com a mulher e o filho Marinho (Joaquim Torres Waddington em sua estreia nos cinemas) para uma fazenda herdada do avô. Mas a propriedade carrega uma história de traição e vingança que pode custar mais caro a Augusto e sua família do que ele imaginava.

No longa, Criolo vive o escravo Couraça e Kênia Bárbara sua filha Ana, determinados a se vingar dos antepassados de Augusto, que os traíram no passado. Fernanda Montenegro interpreta a espírita Marta Amarantes e Fernando Eiras, o psiquiatra Doutor Lauro, além de Lima Duarte como o joalheiro Costa Breves.

Sinopse: Augusto Menezes (Felipe Camargo) muda-se com a mulher Tereza (Carol Castro) e o filho, Marinho (Joaquim Torres Waddington), para uma fazenda abandonada, herdada do avô, na esperança de colocar a vida nos trilhos. A propriedade, no entanto, carrega o carma da traição ao escravo Couraça (Criolo), que busca ao longo dos séculos a vingança contra a família de Augusto.

 

Continue Lendo
Advertisement

Hype do momento