Cola na gente

Cinema

(+18) ‘Climax’ traz muita sedução, baseado em uma tragédia real

O polêmico diretor de “Irreversível” e “Love 3D” está de volta com mais um filme que promete abalar a emoção dos espectadores. “Climax” fez parte da Quinzena dos Realizadores no Festival de Cannes 2018, de onde saiu vencedor do prêmio de Melhor Filme (CICAE Art Cinema Award), e de inúmeras críticas positivas, que consideram o novo trabalho de Gaspar Noe o mais maduro e bem realizado de sua filmografia.

Baseado em acontecimentos reais, o longa acompanha um grupo de jovens dançarinos reunidos em uma remota escola vazia para a última noite de ensaio antes da estreia do espetáculo. Em comemoração, eles decidem fazer uma festa que se transforma em um pesadelo alucinante, quando os dançarinos descobrem que alguém misturou um potente LSD na sangria que estão bebendo. Da euforia ao caos, paixões, desejos, rivalidades e violência explodem em meio a um colapso psicodélico coletivo se transformando em armas para uma verdadeira tragédia.

Estrelado por Sofia Boutella, francesa que fez parte do elenco de grandes sucessos como “Kingsman: Serviço Secreto (2014)” e “A Múmia (2017)”, o filme mescla atores, dançarinos, e jovens entre 18 e 23 anos que participam de campeonatos de dança krump, apresentando sequencias exuberantes, coreografadas em perfeita sincronia não só com o elenco, mas também com a câmera, que ganha vida nas mãos do do próprio Gaspar Noe, e do diretor de fotográfica Benoît Debie, que além de já ter trabalhado com Noe em seus filmes anteriores e em longas como “Spring Breakers: Garotas Perigosas” e “The Runaways: Garotas do Rock”, também é diretor de fotografia nos videoclipes “The Carters: Apeshit” de Beyoncé e Jay Z, rodado no museu do Louvre, e “Bitch Better Have My Money” de Rihanna.

“Climax” foi concebido de forma muito rápida. Filmado em apenas 15 dias, a produção de A a Z aconteceu em mais ou menos 4 meses.

O resultado foi surpreendente, incluindo a aceitação dos críticos. Em uma entrevista, o diretor confessa que esperava receber de 90 a 95% das críticas negativas, mas o que aconteceu foi exatamente ao contrário. Repleto de críticas positivas, o filme também é sucesso em festivais de cinema, e também levou o prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Sitges, voltado para o cinema fantástico.

O filme estreia no Brasil dia 31 de janeiro. E o diretor Gaspar Noe virá para coletivas em São Paulo e Rio de Janeiro.


Advertisement
1 Comment

Cinema

Atenda o Telefone e Tente Sobreviver em “The Call”

Sabe aquela vibe despretensiosa que os filmes de terror dos anos 90/2000 tem? É essa sensação que senti com o trailer de “The Call” o novo filme de terror dos produtores de “Premonição” com Lin Shaye e Tobin Bell, uma dupla de ícones do terror!

“Quatro Amigos. Um telefonema. 60 segundos para ficar vivo. No outono de 1987, um grupo de amigos de uma pequena cidade deve sobreviver à noite na casa de um casal sinistro depois que um trágico acidente ocorre. Precisando apenas fazer um único telefonema, o pedido parece terrivelmente comum até que eles percebam que essa ligação poderia mudar suas vidas.”

Além de Shaye e Bell temos também Chester Rushing (Stranger Things), Erin Sanders (Big Time Rush) e Judd Lormand (SEAL Team) no elenco. Direção de Timothy Woodward Jr. (The Final Wish) e escrito por Patrick Stibbs.

“The Call” terá seu lançamento no cinema e drive-in dia 2 de outubro do Cinedigm nos EUA.

Continue Lendo

Cinema

Bicho-Papão, Bruxas e Babás Heroínas no Filme de Halloween da Netflix

“Manual de Caça a Monstros” é mais um filme de Halloween da Netflix e seu primeiro trailer entrega uma baita aventura cheia de monstros, bicho-papão, bruxas e babás heroínas. Assista:

Baseado na trilogia de livros de Joe Ballarini lançados em 2017, a primeira adaptação tem data de estreia para o dia 15 de outubro na Netflix.

Dirigido por Rachel Talalay e roteiro de Ballarini tem Tamara Smart, Oona Laurence, Alessio Scalzotto, Ian Ho, Tamsen McDonough, Troy Leigh-Anne Johnson, Lynn Masako Cheng, Ty Consiglio, Ashton Arbab, Crystal Balint, Ricky He, com Indya Moore, e Tom Felton no elenco.

“Quando Kelly Ferguson (Tamara Smart) relutantemente concorda em ser babá de Jacob Zellman (Ian Ho) no Halloween, a última coisa que ela espera é ser recrutada para uma sociedade secreta internacional de babás que protegem crianças com poderes especiais de monstros. Para manter Jacob a salvo de perigos, Kelly se junta à vice-presidente Liz Lerue (Oona Laurence), o gênio da tecnologia Berna Vincent (Troy Leigh-Anne Johnson), a especialista em criaturas Cassie Zhen (Lynn Masako Cheng) e o mestre de poções Curtis Critter (Ty Consiglio), para derrotar um bicho-papão conhecido como “O Grande Guignol” (Tom Felton), uma bruxa glamorosa chamada “Peggy Drood” (Indya Moore) e sua legião de monstros.”

Compre o livro aqui (infelizmente o livro não foi lançado no Brasil, mas você consegue comprar a versão física em inglês).

Tom Felton

Fonte: Bloody Disgusting
Continue Lendo

Trilha do Medo no Facebook

As Melhores Trilhas Sonoras de filmes de Terror

Ouça nossa playlist de filmes de terror / séries no Spotify com um montão de trilhas sonoras:

Hype do momento