Cola na gente

Cinema

#Entrevista: Conheça o terror indie ‘A Floresta das Almas Perdidas’

“No interior de Portugal, em uma remota floresta conhecida pelas recorrentes práticas de suicídio, duas pessoas se encontram. Ricardo é um pai de família que recentemente perdeu a filha e tem dificuldades em lidar com a situação, e Carolina é uma jovem no começo da vida adulta que tem gostos sombrios e peculiares que envolvem a morte. Mas um deles não é quem diz ser.”

‘A Floresta das Almas Perdidas’ já está disponível nas plataformas das principais operadoras de TV por assinatura, entre elas: NOW, Looke, Vivo Play e Microsoft.

Com direção de José Pedro Lopes, o longa narra uma história de terror passada numa floresta onde pessoas se suicidam. Estrelado por Daniela Love e Jorge Mota, o filme ainda traz no elenco Lígia Roque, Mafalda Banquart, Tiago Jácome, Débora Ribeiro e Lília Lopes. Com produção da 2203 Studio e Anexo 82 e distribuição no Brasil pela Fênix Filmes, o filme tem recebido críticas muito positivas e participou de festivais como o Festival de Sydney, o Fantasporto e o Fant Bilbao (Espanha) onde venceu o Prêmio de Melhor Filme.

Nós do Trilha do Medo entrevistamos a atriz Daniela Love e o diretor José Pedro Lopes, confira:

Gravar em um local externo no frio atrapalha ou ajuda na atuação?
Love: Acho que o frio acaba por dificultar, o corpo está menos disponível porque está tentando combate-lo. É mais uma coisa a gerir e nisso sinto que exige um maior grau de concentração (tal como todas as situações que nos fogem da zona de conforto).

O que você pode dizer da diferença da direção de um projeto que seria “luz” que foi o ‘Video Store’ para um outro que é “escuridão” ‘A Floresta das Almas Perdidas’ como Lopes citou?
Love: Foram processos muito parecidos em muitas medidas e muito diferentes noutras. Mas posso dizer que o que as filmagens do ‘Video Store’ tiveram em doçura, as da ‘Floresta das Almas Perdidas’ tiveram em aventura.

Você gosta de filmes de terror? Como foi gravar um?
Love: Gosto. Gosto muito. Pode parecer um bocado estranho mas é algo que me entusiasma bastante. Acho divertido.

Não Daniela Love, não achamos estranho não. Gostar de terror é só para os fortes (risos).

Perguntamos sobre o processo de produção e também sobre o gênero terror para o diretor José Pedro:

Você pensou em gravar o filme em PB desde o início do projeto? E por que?
José: “A Floresta das Almas Perdidas” é um conto de terror dentro de um drama familiar – é uma história passada num mundo triste e sem esperança. Seguimos pessoas que vivem com uma perda profunda. O preto e branco permitia-nos tornar todo o mundo do filme – quer a floresta quer a casa – num espaço de felicidade nula. Quando vemos em preto e branco, as formas, as texturas e a profundidade ganham relevo – sendo um filme muito visual, podemos também assim tirar o maior partido dos locais onde filmamos.

De onde veio a inspiração para a criação de A Floresta das Almas Perdidas?
José: A grande inspiração é a floresta de Aokigahara no Japão, o local mais conhecido no país pela prática do suicídio. Vem gente todos os anos de fora para ir à floresta, e é algo muito ligado à cultura japonesa, que por si mesmo leva o suicídio com um ânimo muito especial. Mas Portugal tem tradição de locais de suicídio também – sendo que a nossa floresta não existe mas é, supostamente, entre Portugal e Espanha, numa zona onde nos tempos da ditadura as pessoas iam para desaparecer.

Ultimamente qualquer assunto delicado como o suicídio, aqui no Brasil está sendo tratado com muitas discussões e também um certo tabu. Você teria algum outro tópico sensível que você gostaria de explorar no cinema?
José: O suicídio nem é o único tema grave de ‘A Floresta das Almas Perdidas’ – o filme aborda também a insensibilização das gerações novas aos problemas do outros, assim como a forma como as novas tecnologias isolam as pessoas e podem até ser usadas de forma predatória. Creio que um tema que precisa de ser abordado no cinema, de forma mordaz, é como transportamos conosco uma caixa que nos liga ao mundo mas que na realidade nos está a isolar, e a frustrar, e a insensibilizar.

Você é um diretor bem jovem, o que você diria para diversas pessoas que estão atrás do sonho de se tornar um cineasta?
José: O cinema é uma arte de equipe, e uma arte demorada. Você não consegue fazer filmes sozinho, nem por impulso. Por tal, precisa de arranjar um projeto que goste e apostar nele, dar o seu tempo, e juntar gente que acredita nele também.

Filmes de terror são difíceis de alcançar um público mundial, exceto produções de horror americana. Porque você acha que é tão difícil um filme de terror não “hollywoodiano” emplacar?
José: Creio que isso se passa em todos os gêneros do cinema – a ditadura de “Hollywood” é muito forte. Corremos o risco de a curto prazo só os cinéfilos verem cinema que não é de Hollywood. Entre os cinemas, o Netflix, e até a pirataria, tudo o que todas as pessoas vê e toda hora é Hollywood.

Então agora vá assistir um filme Português e deixe os filmes americanos e afins de lado por um tempinho.

 

Cinema

[Trailer] ‘A Hora da Sua Morte’ – App revela quando você vai morrer

O que você faria se um aplicativo te mostrasse quanto tempo você tem antes de morrer?

É isso que a jovem Quinn, personagem de Elizabeth Lail (You), enfrenta no filme ‘A Hora da sua Morte’ (Countdown).

Com direção de Justin Dec, no filme, um novo aplicativo que promete prever o momento exato da morte de cada pessoa está virando uma febre. Mesmo sem acreditar, a enfermeira Quinn resolve baixá-lo, mas tem uma surpresa: ela tem apenas dois dias de vida. Quando a contagem regressiva começa, coisas sombrias passam a acontecer e ela precisará lutar contra o tempo para sobreviver.

‘A Hora da Sua Morte’ traz também no elenco Talitha Eliana Bateman (Annabelle 2: A Criação do Mal), Anne Winters (13 Reasons Why), Jordan Calloway (Riverdale) e Peter Facinelli (Crepúsculo). O longa está previsto para chegar aos cinemas brasileiros ainda em 2019, com distribuição da Diamond Films.

Agradecimento ao Leandro do Cinedoor pela notícia.

Continue Lendo

Cinema

Sequência do filme de terror ‘A Forca’ ganha trailer

Uma sequência de ‘A Forca’, de 2015, foi filmada há algum tempo, e agora já começa a ser divulgado. Confira o primeiro trailer:

“Depois que Auna Rue, uma adolescente vlogger/aspirante a atriz, entra em um site sinistro, ela logo fica presa no mundo malévolo de uma peça de teatro amaldiçoada, ‘The Gallows’. Depois de fazer uma passagem da peça para sua pequena base de fãs on-line, Auna alcança instantaneamente o estrelato que ela procura – bem como um desafio distorcido de um espírito mortal (O Carrasco).”

Dirigido novamente por Travis Cluff e Chris Lofing que trabalharam juntos no primeiro filme. ‘A Forca: Segundo Ato’ tem Jono Cota, Jener Dasilva e Brittany Falardeau no elenco.

‘A Forca: Segundo Ato’ será lançado nos cinemas e digitalmente dia 25 de outubro na gringa, no Brasil ainda não existe uma data de estreia.

Continue Lendo

Cinema

Astros de Hollywood no Festival de Cinema do Canadá – TIFF

O Festival de Cinema do Canadá – TIFF (Toronto International Film Festival) começou no último dia 5 de setembro e vai até dia 15 de setembro, e as estrelas de Hollywood estão em peso este ano.

A revista People e a EW fizeram vários clicks com os atores e seus respectivos filmes que estão participando do festival. Temos os filmes de crime ‘Entre Facas e Segredos’, ‘As Golpistas’, o suspense ‘Parasite’ e até mesmo uma série do Facebook ‘Limetown’ protagonizada por Jessica Biel.

Abominável

 

Alex Wolff, Geraldine Viswanathan, Cory Finley, Allison Janney, Ray Romano – Bad Education

 

Caitlin Moran, Coky Giedroyc, Beanie Feldstein, Alfie Allen – How to Build a Girl

 

Sam Neill, Susan Sarandon, Roger Michell, and Rainn Wilson – Blackbird

 

Keir Gilchrist, Alex Wolff, Imogen Poots, and Joey Klein – Castle in the Ground

 

Tracy Letts, Noah Jupe, Caitriona Balfe, Josh Lucas, Matt Damon, James Mangold, Christian Bale, Matt Bernthal – Ford v Ferrari

 

O Pintassilgo

Nicole Kidman, Willa Fitzgerald, Ashleigh Cummings e Denis O’Hare – O Pintassilgo

 

Hugh Laurie, Dev Patel, and Armando Iannucci – The Personal History Of David Copperfield

 

Lili Reinhart, Keke Palmer, Lorene Scafaria (diretora) e Madeline Brewer – As Golpistas

 

Unjoo Moon, Tilda Cobham-Hervey, Danielle Macdonald, Evan Peters – I Am Woman

 

Don Johnson, Katherine Langford, Jaeden Martell, Rian Johnson (diretor), Daniel Craig, Chris Evans, Ana de Armas, Jamie Lee Curtis, Toni Collette – Entre Facas e Segredos

 

Michelle Purple, Skip Bronkie, Zack Akers, Jessica Biel and Rebecca Thomas – Limetown

 

Peter Cattaneo, Sharon Horgan, e Jason Flemyng – Military Wives

 

Bong Joon Ho (diretor), Choi Woo Shik, e Song Kang Ho – Parasite

 

Riz Ahmed, Olivia Cooke, Chelsea Lee, Paul Raci – Sound of Metal

 

Zeresenay Mehari, Yahya Abdul-Mateen II; Kunal Nayyar – Sweetness in the Belly

 

Louise Delisle, Michelle Francis-Denny, Ian Daniel, Chief Andrea Paul, Ellen Page, e Ingrid Waldron – There’s Something in the Water

Continue Lendo

Sorteios e promoções

Sorteios e promoções

Advertisement

Hype do momento