Cola na gente

livro

Vitorianas Macabras expõe mulheres ilustres que contribuíram fortemente à literatura

A voz feminina na era vitoriana em treze contos de gelar a espinha, por Charlotte Brontë, Charlotte Riddell, Edith Nesbit e outras autoras sinistras

A Era Vitoriana foi um marco na história da Inglaterra e também no mundo. De um lado, o conservadorismo, a repressão e a subserviência. De outro, as transformações científicas, sociais e tecnológicas. Muito se fala sobre os homens que fizeram história naquela época, mas as mulheres também estavam travando suas próprias batalhas, desafiando convenções em nome da independência e da autonomia.

Para enaltecer as mulheres ilustres que prestaram uma contribuição formidável à literatura — e reparar a injustiça histórica que por séculos reverenciou apenas os homens —, a DarkSide® Books e a Macabra Filmes apresentam a antologia Vitorianas Macabras. Organizada em parceria com Marcia Heloisa — doutora em Literatura Comparada na Universidade Federal Fluminense (UFF), também responsável pela tradução e já conhecida pelos darksiders por seu exímio trabalho com Bram Stoker e Edgar Allan Poe, na linha Medo Clássico —, a antologia apresenta treze histórias escritas por autoras que, assim como nós, foram cativadas pelo medo e por tudo aquilo que é sobrenatural.

Verdadeiramente assustadoras, as histórias desta antologia foram ecoadas em contos e romances publicados nos séculos seguintes, uma proeza e influência que apenas as tramas mais poderosas poderiam conseguir. Aqui, o medo se manifesta de diversas maneiras, todas elas terríveis, impressionantes… e difíceis de esquecer. Não vamos contar todos os segredos, mas aqui vai um gostinho do que está por vir: “A Prece”, de Violet Hunt, é uma espécie de avô de Cemitério Maldito; o perturbador “Onde o Fogo Não se Apaga”, de May Sinclair, reproduz a tensão dos slashers com a profundidade do terror psicológico; “O Conto da Velha Ama”, de Elizabeth Gaskell, e “O Mistério do Elevador”, de Louisa Baldwin, apresentam fantasmas memoráveis; já em “A Janela da Biblioteca”, Margaret Oliphant traz um ensaio melancólico sobre o fantasma da solidão.

“A voz dessas autoras é única, suas vidas são o verdadeiro assombro diante da grandeza de suas obras até então esquecidas”, afirma Christiano Menezes, diretor editorial da DarkSide®. “Há muito tempo eu não era tocada por textos tão poderosos”, completa Marcia Heloisa.

Vitorianas Macabras reúne ainda histórias de Charlotte Brontë, H.D. Everett, Vernon Lee, Rhoda Broughton, Charlotte Riddell, Edith Nesbit, Amelia B. Edwards e Mary Braddon. Essas mulheres, além de serem figuras ilustres do protagonismo feminino, tinham em comum, é claro, o amor pela literatura: passaram a vida escrevendo, transformaram as palavras em seu ofício e tocaram inúmeros leitores com seus escritos. Agora, chegou a sua vez.

curiosidades

Disney Aposta em Série de Livros de Terror com Vilões

Disney Publishing está trazendo um pouco de terror ao mundo mágico com a próxima série de livros de terror “Disney Chills”, que deve estrear em julho.

As edições especiais começam com o ‘Disney Chills: Part of Your Nightmare’, escrito por Vera Strange.

“Shelly Anderson, de onze anos, só quer ser popular. Seus pais se separaram e ela tem que começar de novo em uma nova escola com pessoas diferentes, uma nova equipe de natação e um cenário social desconhecido. E daí que ela só quer que as crianças legais gostem dela? Será que isso é realmente pedir muito? Então, quando Shelly encontra uma misteriosa concha que convoca a infame bruxa do mar, Ursula, ela aproveita a chance de fazer um acordo que fará com que ela seja uma das garotas mais legais da escola. Mas quando o desejo de Shelly rapidamente se esgota, ela precisa descobrir como desistir do acordo da bruxa antes que altere seu destino para sempre.”

O lançamento está marcado para o dia 7 de julho de 2020. Abaixo você consegue ver as capas das três primeiras edições da série de livros:

 

Continue Lendo

Cinema

Lionsgate Confirma Novo Filme da Saga ‘Jogos Vorazes’

A saga ‘Jogos Vorazes’ foi um enorme sucesso para a Lionsgate, ganhando mais de 3 bilhões de dólares em todo o mundo nos quatro primeiros filmes. E agora, parece que a Lionsgate está oficialmente avançando com um prequel, intitulado “A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes“.

O site Deadline divulgou que a Lionsgate está oficialmente convidando Francis Lawrence para dirigir o próximo filme baseado no novo romance da autora Suzanne Collins. Situado muitos anos antes da franquia de filmes original, contando a história de Coriolanus Snow, com 18 anos, o homem que crescerá para se tornar o governante maligno de Panem.

Joe Drake, presidente da Lionsgate Motion Picture Group, disse:

“O novo livro de Suzanne valeu a espera. Oferece tudo o que os fãs podem esperar de Jogos Vorazes, além de abrir novos caminhos e apresentar uma tela totalmente nova de personagens. “A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes” é emocionante e criativo e leva esse mundo a novas e complexas dimensões que abrem incríveis possibilidades cinematográficas. Estamos empolgados em reunir essa equipe de filmagem com essa franquia única e mal podemos esperar para começar a produção.”

“A Lionsgate sempre foi o lar cinematográfico de ‘Jogos Vorazes’ e estou encantada por retornar a eles com este novo livro.” acrescentou Collins.

“Desde o início, eles trataram o material original com grande respeito, honrando os elementos temáticos e narrativos da história e reunindo uma equipe incrível, tanto na frente quanto atrás das câmeras. É um prazer reunir-nos com Nina, Francis e Michael para adaptar o romance à tela e fazê-los compartilhar seus talentos notáveis, mais uma vez, com o mundo de Panem. Estou ansiosa para colaborar com eles e todos na Lionsgate quando levarmos ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’ para os cinemas do mundo todo.”

Vamos aguardar ansiosamente para mais notícias, mas e vocês, o que acharam dessa notícia?

Continue Lendo

curiosidades

Terror a bordo: 17 histórias turbulentas – Livro Editado por Stephen King

A Trilha do Medo voltou a fazer parte do Time de Leitores do grupo Companhia das Letras. A editora responsável pelos lançamentos do mestre Stephen King – e estamos mega empolgados para comentar sobre o primeiro!

Apertem os cintos para esta antologia de contos turbulentos, com curadoria do mestre do terror e autor best-seller mundial, Stephen King, e do colunista da famosa revista de terror Cemetery Dance, Bev Vincent.

‘Terror a bordo: 17 Histórias Turbulentas’ traz diversos autores com histórias que provavelmente vão lhe causar um certo trauma de voar.

Aqui você vai encontrar todas as maneiras como sua agradável viagem pelos ares pode se transformar em um pesadelo, incluindo algumas formas que você nunca imaginou… mas que vai imaginar da próxima vez em que estiver atravessando a ponte de embarque e entregando sua vida nas mãos de um estranho.
Incluindo histórias inéditas de Joe Hill e Stephen King, além de catorze contos clássicos e um poema de mestres como Richard Matheson, Ray Bradbury, Roald Dahl, Dan Simmons e muitos outros, Terror a bordo é, nas palavras de Stephen King, “perfeito para ler em aviões, principalmente durante aterrissagens turbulentas”.

Comprar ‘Terror a bordo: 17 Histórias Turbulentas’ clicando aqui.

Continue Lendo
Advertisement

Hype do momento