Cola na gente

Cinema

Diretor comenta semelhanças nos filmes ‘Hereditário’ e ‘Midsommar’

O primeiro longa-metragem de Ari Aster, ‘Hereditário’, foi um dos filmes de terror mais comentados dos últimos anos. Brutal, impactante e que te deixa traumatizado por alguns dias. E se você não sentiu nem um pouco de incomodo, meus parabéns.

E agora temos o segundo longa de Aster, ‘Midsommar – O Mal Não Espera a Noite’.  Em uma entrevista com Bloody-Disgusting, Aster explicou que as conexões entre ambos não eram inteiramente intencionais, mas que os filmes estão, de certa forma, conectados.

“Eles estão espiritualmente conectados inadvertidamente”, disse Aster.

“Fiquei ciente de como eles estão conectados enquanto eu fazia o Midsommar, mas não era de design. Eu percebi “Ah, eu estou fazendo um filme sobre família e fazendo filmes que apresentam cultos que são muito importantes para a história.”

Aster explica – “Então, para mim, é minha maneira de fazer um filme de gênero satisfatório que funcione como um filme de gênero e, ao mesmo tempo, espera fazer algo que possa ter algum peso alegórico sem perder isso até o final.”

A seguir Aster respondeu uma pergunta que pode conter SPOILER de ‘Midsommar’.

Perguntaram qual era o problema dele com cabeças, porque pelo que parece, em ‘Midsommar’ teremos novamente um certo impacto aí. Ele respondeu – “Eu não sei”.

Mas, de acordo com Aster, só porque ele repete esse ato em filmes de terror não significa que o traumatismo craniano o assusta pessoalmente.

“Não, se há alguma coisa, há algo de particularmente satisfatório em tirar a cabeça de uma pessoa ou entrar em colapso. Eu não sei. É como se houvesse algo visceral nisso, eu acho, é quando imaginamos um final violento… ”explicou Aster.

“Se eu pensar em outros filmes que eu escrevi que eu ainda não fiz, há mais traumas nas cabeças por vir”, Aster riu.

E, dado o quão temática e narrativamente conectados ‘Hereditário’ e ‘Midsommar’, isso significa que Aster vai produzir uma trilogia?

“Estou lutando com dois filmes agora que quero fazer”, revelou Aster. “Eu não sei qual eu vou fazer a seguir, e ambos se encaixam em uma trilogia se eu decidisse anunciar isso assim.”

‘Midsommar – O Mal Não Espera a Noite’ estreia no Brasil dia 19 de setembro nos cinemas.

Cinema

“Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição na TV e plataformas digitais.

No próximo fim de semana o filme “Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição no Canal Brasil e estreia nacional em plataformas digitais.

O filme estreia no dia 28 de Outubro em plataformas digitais e no Canal Brasil compondo o Cineterror em 30 de Outubro à 1h10. Lançado nos EUA como “A Shudder Original”, foi distribuído em mais de 10 países e destaque na mídia internacional.

O slasher místico foi destaque em diversas mídias, como o The Guardian que o considerou como “Um masterclass em carnificina”, o site Gizmodo chamou o filme de “Um prazer para os fãs de filmes Splatter”, a revista Variety o classificou como um “Mergulhado no Gore”, The Wall Street Journal o citou como “Um filme Splatter sem limites”, e a revista Fangoria alertou “Skull: A Máscara de Anhangá é NSFW AF”.

Sinopse: Após décadas desaparecido, um artefato místico conhecido como “A Máscara de Anhangá” ressurge na metrópole de São Paulo. A máscara possui o imenso poder de encarnar uma entidade milenar. A policial Beatriz Obdias e o herdeiro da guarda do artefato, Manco Ramirez são arrastados para o rastro de terror e sangue deixado pela Máscara.

Direção e roteiro de Armando Fonseca e Kapel Furman. Estrelando Natallia Rodrigues, Ricardo Gelli, Ivo Müller e Wilton Andrade. O longa ganhou diversos prêmios, dentre eles o de Melhor Atriz e Melhor Direção de Arte no Festival de Cinema de Caruaru, e Melhor Direção e Melhores Efeitos Especiais pela ACCRJ no Festival Rio Fantastik, além de ser nomeado para Melhores Efeitos Gore pelo prestigiado festival Fright Fest (Reino Unido).

Ricardo Gelli em Skull A Máscara de Anhangá poster tdm
Ricardo Gelli em Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

“Skull: A Máscara de Anhangá” chega às telas brasileiras com exibição na TV e plataformas digitais.

Natallia Rodrigues em Skull A Máscara de Anhangá imagens tdm

Continue Lendo

 

Agora voce pode ajudar a trilha do medo

Trilha do Medo no Facebook

Podcast

Hype do momento